Certificado SSL: saiba porque é tão importante para o seu site

Certificado SSL - saiba por que o seu site precisa de um

De tempos em tempos ouvimos falar sobre algum golpe cibernético que aconteceu, ou vemos nos jornais informações sobre alguma falha de sistema que foi explorada por pessoas mal-intencionadas. Pensando em como evitar que situações do tipo aconteçam, o tema de segurança digital se torna cada vez mais importante.

No dia a dia é importante sabermos se estamos navegando de forma segura, e é nesse momento que o certificado SSL se mostra extremamente relevante. Ele aumenta a segurança do usuário, transmite confiança e ainda melhora o ranqueamento da página no Google.

A segurança na Internet é uma preocupação constante de quem cria projetos na web. Seja em um site institucional ou em uma loja virtual, a segurança é um recurso que é cada vez mais requisitado por empresas e principalmente pelos usuários. Além de um firewall, uma das ferramentas que mais garantem a segurança digital são os certificados SSL. Esse tipo de certificado garante a autenticidade dos dados e proporciona mais segurança na navegação de sites.

Neste texto, vamos contar a você o que exatamente é o certificado SSL, como funciona, quais são os tipos de certificado e as suas principais vantagens. Continue com a gente para aprender!

Como e por que foram criados os certificados SSL?

SSL significa Secure Socket Layer que traduzido de forma literal, se torna Camada de Soquete Seguro. O mais importante a se entender é que se trata de uma tecnologia que foi desenvolvida em 1994 pela empresa Netscape com o objetivo de permitir um tráfego seguro pela internet.

Para o usuário, ter o SSL demonstra que a conexão entre ele e o site está seguramente criptografada, ou seja, toda informação que for trocada com a página está protegida contra qualquer atividade maliciosa de terceiros.

Essa tecnologia é tão importante que já está bastante difundida pela internet, principalmente quando falamos de sites que precisam ter cuidado com informações de usuários e/ou envolvam transações financeiras.

Para verificar se um site possui essa tecnologia implementada é só ver se o site tem um “s” após o “http” em seu início. Ficando “https://” no lugar de “http://”. Além disso, haverá o ícone de um cadeado reafirmando a segurança da página, logo ao lado esquerdo de onde fica escrito o domínio do site.

A ideia é estabelecer uma forma segura de comunicação entre dois computadores sem a possibilidade de acessos de terceiros não autorizados. Com a proteção do protocolo, todas as informações são criptografadas, onde ocorre a troca de informações somente entre duas partes autenticadas. É como se fosse criado um cadeado onde só quem tem a chave pode ter acesso.

Como funciona?

A primeira etapa a ser concluída é a verificação de um certificado SSL válido no site em que se navega. Em caso positivo, o seu navegador estabelecerá a conexão e sinalizará que está tudo certo ao expor o cadeado verde, como havíamos informado anteriormente.

Tipos de Certificado SSL - Cadeado

Toda a segurança dos dados de usuários de que estamos falando é possível, pois passam por um processo de codificação, de forma a se tornarem indecifráveis para qualquer outra pessoa e/ou máquina que não seja o usuário ou o servidor do site.

Esse processo de codificar se chama criptografia e, no caso do certificado SSL, é utilizada uma técnica que envolve duas chaves: uma para codificar os dados e outra para decodificar. É criada uma chave pública e uma chave privada. Sendo assim, todas as informações enviadas da origem da chave pública só podem ser decodificadas pela chave privada e vice-versa.

Na prática, isso faz com que uma camada a mais de segurança seja adicionada, fazendo com que seja impossível interceptar os dados dessa comunicação. Em outras palavras, ninguém com intenções maliciosas conseguirá ter acesso aos seus dados enquanto utiliza determinado site. Além desse ponto forte, obter o certificado oferece outros benefícios muito importantes.

Por que usar SSL?

Falando em cadeado, você já deve ter visto um pequeno ícone de cadeado ao navegar em algum site e deve ter se perguntado o que aquilo significa, não é?

O cadeado serve para informar que o site conta com proteção de algum tipo de certificado e que as informações trocadas naquele ambiente são seguras e sem possibilidade de interceptação por terceiros. Há muito tempo ocorrem fraudes na Internet e crimes virtuais, o que torna o ambiente uma constante ameaça para os usuários. Roubo de dados, vírus e ataques virtuais são algumas das ações que todo usuário está sujeito ao navegar na Internet.

O protocolo SSL serve exatamente como uma barreira de segurança que inibe essas ações e evita que pessoas mal intencionadas tenham acesso às informações trocadas entre pessoas e empresas, eliminando assim a possibilidade de prejuízos e outros transtornos.

Quais as vantagens do certificado SSL?

Os certificados SSL trazem diversas vantagens para os sites e para a transmissão das informações na Web como um todo. Confira as principais vantagens!

Tipos de Certificado SSL - HTPS

1. Segurança contra golpes

A primeira vantagem é a que mais citamos até o momento. Essa camada de segurança a mais é fundamental caso você queira evitar golpes em seu site. Citando um golpe em específico, há o phishing, que é um crime cibernético comum.

Nele, as pessoas que estão realizando o golpe se apresentam como funcionário de uma empresa ou como um familiar e solicita informações à pessoa. Podem passar um link e pedir que os internautas preencham dados na página, por exemplo. Em um site desprotegido, provavelmente já foi feita alguma interferência para que os seus dados sejam enviados a ele e não ao servidor para o qual deveriam ir.

Em uma página com certificado SSL isso é praticamente impossível de acontecer, pois o navegador e o servidor verificarão a autenticidade da comunicação, além de estabelecer a codificação dos dados por meio da criptografia de chave dupla que citamos anteriormente.

2. Gera uma relação de maior confiança com o cliente

Da perspectiva do cliente, fornecer seus dados e realizar transações em um site que possui essa camada de segurança gera uma confiança e tranquilidade muito maior. Demonstrar que houve uma preocupação adicional de sua parte pode ajudar a tornar as relações mais próximas e evitar que incidentes negativos possam acontecer.

Embora muitos usuários não saibam exatamente o que significa o “s” do “https://”, nem tenham muito conhecimento sobre o certificado SSL, essa pode ser uma oportunidade para educá-los de forma sucinta e mostrar que você prioriza a segurança digital de seus clientes e de suas respectivas informações pessoais.

Como citamos, é fácil notar quando uma página está segura mediante a presença do cadeado que é exibido no navegador. Explique isso para o seu cliente!

3. Possibilita receber pagamentos de cartão de crédito online

No caso de um e-commerce, não há o que questionar — implementar essa tecnologia na sua página é simplesmente necessário. Os operadores de cartão de crédito e, muitas vezes, as próprias adquirentes não liberarão que as operações sejam realizadas caso não identifiquem um certificado válido.

Além disso, por estarmos nos referindo a dinheiro, segurança do usuário e a confiança da marca da empresa, toda segurança é bem-vinda.

4. Otimização de SEO

Existem diversos fatores que são considerados quando o assunto é ficar bem posicionado no ranking do Google, como velocidade do site e qualidade do conteúdo. A presença de um certificado SSL válido também é uma delas.

Em uma nota no blog oficial da empresa, foi declarado que segurança digital é considerada uma forte prioridade para a empresa e, portanto, levariam em conta a presença do certificado em seus algoritmos para rankings.

Tipos de certificado

Depois de sabermos um pouco mais sobre essa tecnologia e sua importância para manter a segurança digital vamos agora conhecer as principais variações e tipos de certificado.

Tipos de Certificado SSL

Os certificados SSL não são todos iguais e cada um possui um nível de segurança que depende do tipo de verificação e validação feita pela entidade certificadora.

SSL: Certificado Compartilhado ou Certificado Privado?

O certificado compartilhado geralmente é fornecido pela empresa de hospedagem de sites. Esse tipo certificado geralmente é indicado para ser usado em páginas não acessadas pelo público. Um exemplo seria o acesso a uma área ou painel de administração do seu site.

Esse tipo de solução usa o subdomínio do provedor, como um Certificado Wildcard próprio da empresa de hospedagem. Em geral, o certificado compartilhado não é indicado para lojas virtuais, já que o endereço seguro seria diferente do domínio da loja. Isso pode fazer com que muitos usuários se confudam ou não se sintam seguros ao acessarem o site.

Já o certificado privado fica associado a um nome de domínio, o que é o ideal para sites que transmitem informações confidenciais, como lojas virtuais. Os certificados privados são validados por uma autoridade certificadora, que vai garantir maior segurança aos dados transmitidos entre o dispositivo e o site.

Certificado Auto-assinado (Self-signed Certificate)

Como o nome sugere um certificado self-signed (auto-assinado) é aquele onde o próprio titular do domínio cria a sua certificação sem ser validado por uma CA (Autoridade Certificadora).

Em geral, os certificados auto-assinados possuem a mesma critpografia de um certificado emitido por uma autoridade certificada. No entanto, é comum os navegadores apresentarem uma mensagem de alerta para informar que tal certificado foi validado por uma autoridade certificado e portanto pode não ser confiável.

Certificado de Validação de Domínio (DV Certificate)

O certificado por validação de domínio é um tipo de certificado privado que usa o nome de domíno para validação. Nos certificados onde ocorre a validação de domínio o processo é feito por uma Autoridade Certificadora. Esse processo é feito de forma automatizada e a validação ocorre apenas com o cruzamento dos dados entre a entidade validadora e a empresa de registro de domínios.

Tipos de Certificados SSL - DV

Os certificados para validação de domínio são os mais populares na Web. Esse tipo de certificado garante excelente segurança na transmissão dos dados e pode ser facilmente obtido.

Certificado de Validação Organizacional (OV Certificate)

Esse tipo de certificado é emitido após a verificação do direito de uso do domínio correspondente.

Essa modalidade de certificação é um pouco mais avançada e segura que a primeira opção. Nesse modelo, os dados da organização são exibidos no certificado para que os visitantes possam comprovar a identidade da empresa que é responsável pelo site. Por ser mais seguro e mais completo, esse tipo de certificado também tem um custo mais elevado, sendo indicado para sites que trabalham e-commerce de grande porte.

Certificado de Validação Estendida (EV Certificate)

Os certificados de Validação Estendida (EV) é a modalidade mais completa em relação às anteriores. Para validá-lo é preciso assinar um contrato e passar por apurações mais aprofundadas por parte da Autoridade Certificadora antes da sua emissão.

Tipos de Certificado SSL

Esse tipo de certificado é o mais burocrático e mais caro de todos, porém transmite mais segurança e confiança aos visitantes, pois exibe o nome da empresa na barra de navegação e ao lado do endereço de domínio do site.

Certificado Multi-domínio (UCC ou SAN Certificate)

Nessa modalidade encontramos os certificados que permitem proteger até 100 domínios de uma só vez. Esse tipo de solução é indicada para diversos domínios de uma mesma empresa e pode ser usada também em um único IP.

Também conhecido como UCC (Unified Communications Certificate) ou SAN (Subject Alternative Name) esse tipo de certificado foi criado especialmente para o Microsoft Exchange, Outlook Web Access e Microsoft Communications Servers.

Certificado para Aassinatura de Código (Code Signing)

Se você ou sua empresa trabalha com desenvolvimento de desenvolvimento de software, esse é certificado ideal. Ele vai servir para proteger qualquer tipo de software distribuído por meio da Internet.

O certificado Code Signing serve como uma “embalagem virtual” para os produtos virtuais. Esse certificado garante a procedência e que o conteúdo não sofreu nenhuma alteração a partir do momento que foi criado. Com a assintura de código, os usuários têm a garantia de que o software não foi modificado em sua distribuição.

Essa é uma prática comum para os desenvolvedores de software. Um exemplo é o processo de assinatura e publicação de extensões da Mozilla.

Certificado Wildcard SSL

Esse tipo de certificado é usado para proteger o domínio principal e os seus subdomínios, por exemplo:

  • seusite.com.br
  • blog.seusite.com.br
  • loja.seusite.com.br

Sendo assim, é possível criar subdomínios ilimitados e proteger todos eles com um único certificado instalado em seu servidor.

Qual tipo de certificado escolher?

Se você está procurando um certificado SSL para o seu site, consulte primeiro a sua empresa de hospedagem. É provável que já tenham uma ferramenta automatizada que vai instalar e atualizar o certificado, facilitando a sua vida. O tipo mais comum de certificado para sites e lojas virtuais são os certificados validados pelo domínio, os DV certificates. Caso a sua empresa de hospedagem não ofereça certificados SSL, consulte empresas confiáveis, como Comodo e Digicert.

Tipos de Certificado SSL

Se você não pode investir em certificado SSL agora, veja também sobre o Let’s Encrypt, que disponibiliza o certificado gratuitamente.

Conclusão

Mesmo com tantas vantagens importantes, obter o SSL é fácil e grátis. O seu uso foi democratizado por uma iniciativa denominada Let’s Encrypt, que tornou gratuita e open source a sua obtenção. Muitas opções de hospedagem de sites já realizam o serviço de implementação para facilitar a experiência de seus clientes.

Com isso encerramos nossas dicas referentes ao certificado SSL e por que é muito importante se ter um. Vimos o que ele é, como funciona e quais as suas principais vantagens que o tornam tão valioso. Por fim, vale a pena investir na segurança do seu site e proporcionar experiências agradáveis aos seus usuários. Isso faz bem para os seus negócios e faz bem para os seus clientes.

O que achou deste artigo? Se essas informações foram úteis para você, aproveite para se inscrever em nossa newsletter e receber novas notícias logo que ficarem disponíveis!

Escolha a melhor hospedagem de sites com certificado SSL

Analista de sistemas, entusiasta do Open Source e apaixonado por tecnologia. Tem anos de experiência em hospedagem de sites, servidores Linux e desenvolvimento web. Sempre buscando aprender mais sobre a indústria de hospedagem e suas peculiaridades.

Receber novidades por email: