Como criar um blog grátis: 7 passos para criar seu blog com facilidade

Avatar

Redação

0 avaliações

14 de agosto de 2019 às 7:31

Como montar um blog

Para criar um blog você precisa escolher uma plataforma para a criação do blog, um lugar para hospedá-lo e um endereço acesso para publicá-lo na Internet. Pode parecer complicado no início, mas escolhendo as ferramentas certas qualquer pessoa pode criar um blog grátis facilmente.

Para ter uma ideia, você não precisa nem mesmo de um computador para fazer um blog. É possível fazer tudo usando um smartphone ou tablet. Portanto, não se deixe intimidar pelos desafios de começar um blog. Embora não seja uma tarefa complexa, é bom ter um caminho para começar da melhor forma.

Aqui está o passo a passo de como criar um blog grátis:

  1. Escolha uma plataforma
  2. Crie uma conta na plataforma escolhida
  3. Escolha um nicho e um nome para o seu blog
  4. Selecione um tema/template inicial
  5. Escolha um endereço para o seu blog
  6. Publique o blog na Internet
  7. Registre seu nome de domínio (opcional)

Com ferramentas certas e esses passos, você poderá criar um blog grátis com facilidade, e o melhor – sem gastar um centavo. Confira em detalhes os passos para criar o seu blog grátis!

1. Escolha a plataforma para criação do blog

Escolher a plataforma certa é o essencial para criar um blog de sucesso. Existem muitas plataformas para criação de blogs, no entanto, algumas vão oferecer uma experiência mais amigável e intuitiva do que outras, principalmente para aqueles que estão começando agora.

Como montar um blog - Plataforma

Pesquisando pelas plataformas de blog, você provavelmente vai se deparar com as 3 plataformas:

  • WordPress.com - permite criar um blog grátis com o CMS mais usado no mundo;
  • Wix - plataforma voltada para criação de sites mas também pode ser usada pra criar um blog grátis;
  • Blogger - antigo Blogspot, plataforma gratuita de criação de blogs do Google.

Para resumir: se você quer criar um blog grátis da forma mais rápida possível e sem gastar nada com isso, opte pelo Blogger ou WordPress. O Wix também é uma boa opção, porém é mais voltada para sites do que para blogs especificamente.

No entanto, se o objetivo for montar um blog profissional e com o máximo de recursos disponíveis, criar um site WordPress em uma hospedagem seria mais interessante. Escolhendo uma plataforma popular e aceita no mercado, você encontra material facilmente e evita dor de cabeça em customizações.

O processo para criar um blog grátis é parecido nessas plataformas, porém, para esse passo a passo, nós escolhemos o WordPress pelos seguintes motivos:

  • É uma plataforma completamente gratuita;
  • É uma plataforma intuitiva e fácil de usar;
  • É a plataforma para criação de sites e blogs mais popular na Internet.

Além disso, é a plataforma que utilizamos em nosso blog. Então nos sentimos à vontade de recomendá-la.

2. Crie uma conta na plataforma escolhida

Com a plataforma escolhida, você deve criar uma conta no serviço para dar início à criação do blog. Independente da plataforma, será necessário preencher o cadastro com e-mail, nome de usuário e senha para criar um a conta.

No WordPress, isso pode ser feito acessando o endereço WordPress.com, onde você pode criar a conta facilmente clicando no botão "Comece agora" ou "Criar site".

Como criar um blog grátis - WordPress.com

3. Escolha um nicho e um nome para o seu blog

Como o WordPress pode ser usado para qualquer tipo de site, no processo de cadastro você deverá indicar o tipo do seu site. Nesta etapa, basta escolher a opção de "Blog". Nesta parte você também poderá definir sobre o que é o seu blog.

Como criar um blog grátis - Nicho

O nicho é importante para praticamente qualquer blog, principalmente para quem pretende criar um blog de sucesso. Com um nicho bem definido, você consegue alcançar a sua audiência com mais facilidade e, no caso do WordPress, o seu blog fica listado no índice de blogs daquele nicho.

Nesta parte você também definir o nome do blog, que está em conjunto com o nicho. Se for possível, tente incluir uma palavra chave relacionada ao nicho do blog no nome do seu blog. Assim, você poderá deixar bem claro para os visitantes sobre o que se trata o seu blog.

Como criar um blog grátis - Nome

4. Escolha um template para o seu blog

Ao definir a categoria, você poderá visualizar um template padrão para o site. O template ou tema (como é chamado no WordPress) é o que define aparência do seu site.

Como criar um blog grátis - Estilo

Nessa etapa da criação do blog com o WordPress você recebe poucas opções de temas. Porém, se você não gostar de nenhuma dessas opções, não se preocupe, você poderá modificá-lo depois de criar o blog. A variedade de temas WordPress grátis é enorme, então não faltarão opções para você.

5. Defina um endereço para o seu blog

Você já deu o nome para o seu blog, agora você deve escolher o endereço de acesso. Em outras palavras, o nome de domínio do blog. Esse é o endereço que as pessoas deverão digitar no navegador para acessar seu blog na Web.

Como criar um blog grátis - Endereço

No caso de criar um blog grátis, sem pagar nada, o WordPress oferece somente a opção de subdomínio. De forma simplificada, um subdomínio é um domínio dentro de outro domínio. Assim, no lugar do endereço do seu blog ser "seunome.com", ele ficaria como "seunome.wordpress.com".

Os domínios, como ".com", ".com.br" e ".net" exigem um pagamento para serem usados.

6. Publique o seu blog na Web

Depois de definir o endereço, o WordPress vai mostrar os planos disponíveis para começar o blog. Para criar um blog grátis, basta escolher a opção "Comece com um site gratuito". Você pode fazer um upgrade para um plano pago quando for necessário:

Como criar um blog grátis - Plano grátis

Pronto, com isso agora o blog já está pronto e disponível para acesso na web:

Como criar um blog grátis - Blog pronto no WordPress.com

A partir de agora, você já pode criar posts, categorias, personalizar o tema do blog e criar conteúdos.

7. Registre seu nome de domínio (opcional)

Se você chegou nesta etapa, o seu blog já está criado e acessível na web, no entanto, por meio de um subdomínio. No entanto, um domínio é extremamente recomendado para qualquer blog ou site. Ele garante a identidade e propriedade do seu projeto.

Se você precisar mudar de plataforma ou de hospedagem um dia, sendo proprietário do domínio isso não será um problema. Com um domínio próprio você sempre terá controle sobre o nome do seu blog.

O WordPress oferece o registro de domínios ".com" por R$ 60/ano, mas é possível encontrar valores ainda mais em conta em provedores como Registro.brHostinger.

Como montar um blog - Domínio

Você também pode optar por um domínio grátis, embora essa opção não seja recomendada por ir de encontro com principais vantagens de se ter um domínio personalizado.

Registrar um domínio é muito fácil, basta escolher um nome e realizar o pagamento no provedor de registro escolhido. Porém, tenha em mente que mesmo registrando um domínio gratuitamente, a maioria das plataformas cobram um taxa para vincular o domínio ao blog.

Está sem ideias para o domínio? Nosso gerador de nomes de domínio pode te ajudar nesta tarefa.

Como criar um blog de sucesso

Com a parte técnica do blog pronta, você já pode começar a pensar em como fazer o seu blog ter sucesso. Isso é, desde o design do blog até as páginas, categorias e tags – tudo que possa interferir na experiência do blog.

Aqui, é importante que você tenha em mente duas coisas essenciais para todo site e blog:

  • Design e tema - referente a aparência do seu blog;
  • Experiência de uso - fazer o usuário ter uma boa experiência acessando seu blog;
  • Conteúdo - a principal parte do seu blog, fator determinante para o sucesso do mesmo.

Tema, design e aparência

É fundamental que o blog demonstre exatamente o que seu autor quer com a escolha do tema. Algumas plataformas permitem alterar os temas com apenas alguns cliques. Então, é fácil mudar para outro sem perder nenhum conteúdo precioso ou imagens.

Como montar um blog - Design

Lembre-se de que o design do blog deve refletir tanto o autor quanto sua personalidade, mas também o assunto que é tratado. Não se pode ter um tema orientado para o futebol se o conteúdo é sobre tênis, entende?

Dica: uma forma de oferecer um design diferenciado é utilizando temas WordPress premium.

Experiência de uso

Além disso, a página deve oferecer uma navegação sem complicações, para que as pessoas se prendam ao material postado. Se o acesso trouxer muitas dificuldades, o público não se interessará.

O design é uma arte subjetiva, o que significa que cada um tem afinidades com elementos diferentes. Sabe-se, porém, que as pessoas não gostam de sites feios e, especialmente, odeiam aqueles que praticamente requerem um diploma universitário para que sejam navegados. Portanto, facilite esse processo para os usuários.

Certifique-se, ainda, de que o blog possa ser acessado a partir de dispositivos móveis. Já faz algum tempo que o Google revelou que mais pessoas usam o mecanismo de pesquisa em seus celulares do que na área de trabalho.

E, para todas as pesquisas feitas por celulares, o Google exibe primeiro os resultados que vão abrir normalmente neles. A experiência do usuário é uma característica cada vez mais imprescindível para otimizar os mecanismos de busca.

Criando conteúdo para o seu blog

Esta é a parte divertida — o motivo pelo qual o blog foi criado. Antes de mergulhar na escrita, no entanto, é importante que o autor pense a respeito de seu propósito.

Como montar um blog - Conteúdo

Você pode começar se fazendo algumas perguntas, como:

  • Qual é o principal objetivo: construir uma audiência, construir uma lista de e-mails ou tornar o autor um especialista em seu campo?
  • Com que frequência serão postados novos conteúdos? O ideal é de duas a três vezes por semana, mas investir em artigos semanais é melhor do que nada.
  • Qual é a "voz" do blog? Casual e divertido? Autoridade? Acadêmico?
  • O que será feito para que leitores acompanhem o blog? Uma opção de notificações? Um link para uma página de vendas? Ou uma chamada para a ação de preencher um pedido de orçamento?
  • As práticas de otimização para mecanismos de busca estão sendo consideradas? É preciso levar em conta o uso de palavras-chave, títulos curtos e estruturas de URL fáceis de serem visualizadas, isso é vital para a otimização SEO.

Após cuidar de todos os pontos abordados neste artigo, é hora de preparar os conteúdos. A recomendação é focar nos tópicos em que haja ideias únicas para compartilhar (ou que realmente acrescentem ao debate).

Não basta publicar o que todos estão dizendo. É preciso ser original e abordar temas que sejam de valor para o público.

Quais as desvantagens de criar um blog grátis?

Nenhum serviço é perfeito – e quando um serviço é gratuito, você pode ter certeza que existem limitações e restrições no seu uso. Quando se trata de criar um blog grátis, isso fica bem claro. Abaixo, vamos listar algumas das desvantagens de criar um blog grátis.

Restrição no endereço (domínio) do blog

Se você está pensando em montar um blog usando uma plataforma gratuita, é importante ter conhecimento sobre a restrição no endereço do blog. Normalmente, as plataformas de blogs gratuitas não permitem a utilização de um domínio personalizado, obrigando o usuário a utilizar um endereço em um subdomínio.

Por exemplo, ao montar um blog com WordPress grátis, o endereço do blog ficaria:  "nomedoseublog.wordpress.com". No Wix, isso é ainda pior, o endereço fica o endereço ficaria "nomedousuario.wixsite.com/nomedoblog".

Como montar um blog - Restrição no domínio

Nessas plataformas, é necessário pagar um plano pago para usar um domínio personalizado (ex: seudominio.com) e isso pode sair mais caro que uma hospedagem com o domínio incluído. A exceção é para o Blogger, que permite a configuração de um domínio mesmo sem qualquer pagamento.

Mas para usar um domínio, você ainda precisa pagar pelo registro do mesmo. Portanto, confira as melhores empresas de registro de domínio antes de escolher onde registrar o seu domínio.

Limites, propagandas e ausência de suporte

Além da restrição quanto ao endereço do blog, existem outras limitações para ficar atento caso você opte por montar um blog em uma plataforma grátis. Uma das principais limitações está no limite de armazenamento. Com isso, o espaço para imagens, vídeos e conteúdos multimídia pode ser bastante restrito e acabar prejudicando a publicação de conteúdos.

Esse problema implica na escalabilidade do blog – um fator importante para quem busca o crescimento acelerado do blog. Uma plataforma limitada pode não acompanhar o crescimento do blog, gerando problemas de lentidão, disponibilidade e prejudica a experiência de uso.

As plataformas gratuitas também costumam inserir propagandas, anúncios e publicidade nos blogs que utilizam o plano gratuito. Além de impedir que o "proprietário" do blog use um sistema de anúncios para obter retorno.

Como montar um blog - Anúncios

Por fim, uma plataforma gratuita não inclui um suporte dedicado para os usuários. Geralmente, o suporte nesses planos é oferecido por outros usuários da plataforma, em comunidades e fóruns, sem qualquer tipo de garantia.

Um blog grátis não pertencerá efetivamente ao seu autor

Por último, e talvez uma das limitações mais importantes é referente a propriedade do blog. Isso pode não parecer importante no início, mas, na realidade, em uma plataforma gratuita o blog não pertencerá ao seu autor.

Sem acesso aos arquivos do servidor de hospedagem e usando o endereço gratuito da plataforma, não há garantias de que o blog funcionará no dia seguinte. Afinal, o provedor pode decidir remover o blog a qualquer momento, e isso geralmente está descrito nos termos de serviço.

As plataformas gratuitas também são fechadas e proprietárias. Em outras palavras, você não poderá migrar ou transferir o seu blog para outra plataforma caso seja necessário. Pelo menos não de forma prática e amigável para o usuário.

Como montar um blog - Transferência e propriedade

Assim, há o risco de prejuízo em dedicar todo o seu tempo caso o provedor não permita a transferência do site para outro. Isso significa que, em última análise, você terá que começar tudo novamente quando o negócio crescer.

Portanto, todo o trabalho duro e todas as incontáveis horas ​​dedicadas a escrever postagens podem desaparecer em segundos.

Por outro lado, ao montar um blog numa plataforma aberta, como o WordPress, registrar o domínio no próprio nome e hospedar os arquivos numa hospedagem, você garante a propriedade do blog e controle do conteúdo, além de ter a facilidade para migrar o WordPress para outra plataforma ou hospedagem.

Afinal, vale a pena criar um blog grátis?

Conhecendo as limitações de criar um blog grátis pode surgir a questão de se vale a pena começar um blog dessa forma. A resposta para essa pergunta vai depender de cada caso. Para quem quer criar um blog profissional, é necessário fazer algum investimento e, portanto, criar um blog grátis não seria uma boa opção.

Embora um bom serviço envolva custos, esse é um investimento sempre compensa. Escolhendo uma boa plataforma em uma boa hospedagem, você recebe:

  • Uma alta garantia de disponibilidade do blog. Em outras palavras, o seu blog sempre no ar;
  • Suporte 24 horas, 7 dias por semana para atender questões e resolver problemas técnicos;
  • Servidor de hospedagem de alto desempenho e otimizado para melhor experiência.

Além disso, pagando por um plano de hospedagem você garante que o seu blog não terá anúncios ou publicidade do provedor.

No entanto, para quem está começando, aprendendo ou quer simplesmente criar um blog pessoal, uma plataforma de blog gratuita é mais do que suficiente. E, caso surja a necessidade de um recurso não disponível, basta fazer um upgrade para resolver o problema.

Sabendo disso, o próximo passo é colocar em prática e criar o blog. Se você ainda não estiver certo do investimento, você pode até começar com uma hospedagem e domínio grátis.

Então, já começou a criar o seu blog? Compartilhe sua experiência conosco!


Avatar
Redação

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.


TOP 3 Provedores de Hospedagem
Hostinger logo
9.9 /10
GoDaddy logo
9.1 /10