Desempenho do site: saiba como melhorar a velocidade da página

Avatar

Redação

0 avaliações

20 de maio de 2019 às 6:06

Desempenho do site

A otimização do desempenho do site é o principal fator que dita o sucesso para negócios on-line modernos. O desempenho implacável do site mata o negócio quando a tortura por esperar o carregamento de páginas lentas frustra os visitantes. Afinal, ao navegar pela web, nada é mais irritante do que um site que carrega lentamente, não é mesmo?

Isso também não é um bom sinal para o Google — sem contar para os operadores de lojas, que cada milissegundo a mais de tempo significa perdas nas vendas. De um modo geral, a velocidade de carregamento é o tempo que um site requer após o clique em um link até a sua exibição no navegador. Além da "velocidade de carregamento", os termos "tempo de carregamento" ou " velocidade da página " também são utilizados.

O desempenho de um site é um aspecto muito importante para tornar um site bem-sucedido. Criar um site responsivo não só deixará seus leitores e visitantes felizes, mas também resultará em um bom sinal de classificação no Google. Um site rápido e bem otimizado pode ajudar a obter melhores rankings nos motores de busca e aumentar o tráfego do seu site, pelo menos a longo prazo.

Confira neste post como medir e melhorar a velocidade de uma página da internet.

Como o desempenho do site atrapalha o seu negócio?

A velocidade de uma página afeta o número de páginas vistas por sessão e a taxa de rejeição. Como qualquer comerciante sabe, estas são métricas importantes que podem ter um impacto direto na taxa de conversão e na receita. As páginas vistas são importantes, pois mostram que um visitante está envolvido com o seu site.

Para sites de comércio eletrônico, ter mais páginas visualizadas, muitas vezes, significa maior probabilidade de um visitante adicionar um dos itens de uma página ao carrinho de compras. Também pode significar tamanhos de carrinho maiores.

Sites de mídia e outros que dependem de páginas vistas para receita publicitária, também consideram essa métrica crucial. O custo e o esforço de adquirir um novo visitante são altos, então, uma vez que eles estejam em seu site, você precisa garantir que ficarão e visualizarão várias páginas para obter um retorno de investimento forte.

Quanto mais rápido as páginas são carregadas, mais provável que elas sejam visualizadas e possibilitem que um visitante valioso, em termos de publicidade, possa retornar ao seu site. A velocidade da página também afeta a taxa de rejeição, pois o tempo de carregamento da primeira página é extremamente importante.

A taxa de rejeição é a porcentagem de visitantes que chegam ao seu site e saem depois de apenas visualizar uma página. Essa métrica pode ser afetada por muitos fatores, incluindo o design e a relevância do conteúdo da sua página para o termo de pesquisa ou anúncio que trouxe os visitantes ao seu site.

Se um visitante nunca chegou ao seu site antes, será preciso coletar todos os recursos do seu servidor ou servidor de cache. Um tempo muito lento nesse processo, pode resultar que os visitantes saiam do seu site antes mesmo de carregar a primeira página.

Ranqueamento no Google

Para o Google e outros mecanismos de busca, uma experiência de usuário positiva é um fator importante para determinar a qualidade de um site. Portanto, o Google também elevou a velocidade da página para um fator de classificação — quanto mais rápido o seu site carregar, maiores serão as suas chances de boas classificações. Mas, é claro, o tempo de carregamento sozinho não é responsável por uma boa classificação.

Ele é apenas uma das centenas de vários fatores que podem influenciar o ranking. Mas, especialmente em arenas competitivas, um site de carregamento rápido pode fazer a diferença para uma melhor classificação. O princípio crítico absoluto na maximização do desempenho do site é focar a otimização da velocidade da página desde o início.

Os plugins de otimização de desempenho, os scripts do lado do servidor e os ajustes finais têm um impacto mínimo — no entanto, perceptível —  na velocidade da página e nos tempos de carregamento. Contudo, os desenvolvedores da web e os proprietários de empresas on-line tendem a ignorar os tempos de carregamento da página em suas estratégias de desenvolvimento e design do site.

Tráfego

Digamos que você definiu suas especificações para escolher a melhor hospedagem de sites na web e o servidor com base na quantidade média de tráfego que vem para o seu site. Se a quantidade de tráfego aumentar repentinamente, seu host e servidor não poderão manipular muitos usuários ao mesmo tempo.

Isso pode acontecer se você iniciar uma nova campanha de marketing on-line, por exemplo, — então, certifique-se de que está preparado para possíveis picos de tráfego.

Taxa de conversão

Como métrica da internet mais importante e poderosa para empresas on-line, as taxas de conversão, de forma holística, dependem dos indicadores de desempenho do site e de vantagens competitivas para as plataformas de varejo on-line.

No mundo ciber, as campanhas de marketing tradicionais por si só não aumentam as taxas de conversão sem melhorias na experiência do usuário — incluindo a velocidade da página e a capacidade de resposta do site.

Trazer clientes potenciais para a porta das lojas, muitas vezes exigem campanhas de marketing e propaganda bem planejadas. E, uma vez que os clientes entram na loja, eles geralmente não saem sem uma compra.

Os usuários da internet não se importam com poucos cliques para abrir as páginas da web que nunca visitaram antes — otimização de mecanismos de busca e anúncios de redes sociais muitas vezes fazem o truque. Igualmente conveniente para os visitantes é deixar o site se a informação necessária não estiver disponível dentro de alguns segundos suportáveis ​​— para visitantes não impressionados, isso não leva muito mais do que alguns cliques irreconhecíveis.

Satisfação do cliente

Os usuários do site têm expectativas extremamente altas quando se trata de desempenho, e isso é demonstrado por um estudo Kissmetrics que relata:

  • 47% dos clientes esperam que as páginas sejam carregadas dentro de 2 segundos ou menos;
  • apenas 16% estão dispostos a esperar até 5 segundos para uma página móvel carregar;
  • 44% apresentariam uma experiência ruim para um amigo.

O uso móvel agora representa mais de 50% de todas as pesquisas, uma tendência que levou o Google a fazer uma atualização mais recente que classifica e indexa sites com base na versão móvel do site — independentemente do dispositivo que está sendo usado para a pesquisa.

Essa atualização reitera a dedicação do Google para melhorar a experiência para usuários móveis, e é por isso que os proprietários do site devem seguir o exemplo.

O que faz um site ficar lento?

A primeira coisa a considerar é que a lentidão do seu site pode ser causada pela sua rede local. A maneira de determinar se esse é o caso é simples — tente carregar outro site e veja se ele também está lento. Se assim for, saberá que a rede local é a culpada. Se não, provavelmente é um problema com o seu site.

O próximo passo é executar uma ferramenta de velocidade. Isso mostrará a rede entre o seu site e o servidor (e quanto tempo a conexão levou para passar por cada seção). Às vezes, os sites carregam lentamente devido ao servidor.

Por exemplo, um servidor é como um motor, ele fica adormecido até alguém clicar em seu site e, como um carro com uma chave inserida na ignição, ele começa a carregar. No caso, o seu navegador notifica seu servidor pedindo que ele envie os dados para o seu site, para que ele possa ser carregado. Se houver um problema com o servidor, isso levará mais tempo que o normal.

Outra possibilidade é o banco de dados. Um site recém-criado funcionará rapidamente, mas, com o passar do tempo, ele começará a diminuir a velocidade, levando mais tempo para carregar conforme a quantidade de inodes.

A razão para isso pode estar ligada ao banco de dados, já que quanto mais informações forem salvas e quanto mais complexo o seu site for, mais provável que o banco de dados não seja executado de forma eficaz. Independentemente da razão, ter um site que funciona devagar pode ser um pesadelo total, pois pode impactar seu sucesso. Sendo assim, lide com o que está causando o problema o mais rápido possível.

Aprenda a medir a velocidade do site

Antes de começar a otimizar o desempenho do seu site, você precisará medir o desempenho para determinar o que exatamente está afetando o tempo de carregamento da página do seu site.

Existem muitas ferramentas excelentes para testes de desempenho e otimização que auxiliam a monitorar o uptime. A mais adequada para seus próprios propósitos depende do que você deseja alcançar e da forma detalhada da análise.

Também podem ser obtidos bons resultados com ferramentas gratuitas e, se você precisar de algo mais incisivo, pode atualizar facilmente para um plano pago. Acima de tudo, saber como medir a velocidade do site é um fator importante para a experiência do usuário e ajuda a evitar altas taxas de rejeição.

Experimente as ferramentas sugeridas neste artigo e veja o desempenho do seu site e os rankings dispararem!

Google PageSpeed Insights

Com essa ferramenta do Google, você pode verificar uma variedade de possíveis fontes de erros em seu site que tenham um efeito negativo na velocidade da página. O PageSpeed ​​Insights avalia o URL que você inseriu duas vezes — uma vez com um agente de usuário móvel e outra com um agente de usuário de área de trabalho.

Você pode, portanto, medir o desempenho do seu site para desktop, bem como para dispositivos móveis. Tudo o que você precisa fazer é inserir o URL no campo designado e, além de uma avaliação do seu tempo de carregamento de 0 a 100 pontos, você receberá orientações de otimização.

A ferramenta ainda considera aspectos específicos da rede, como a configuração do servidor, a estrutura HTML de um site ou o uso de recursos externos, como imagens, JavaScript e CSS. A grande vantagem é que a ferramenta é fácil de operar e oferece sugestões sobre como você pode melhorar a velocidade do site.

Pingdom

Com Pingdom, você pode analisar todos os aspectos do seu site e obter uma visão geral de cada elemento de um site (HTML, JavaScript, arquivos CSS, imagens, etc.). Você pode filtrar e classificar essa lista de acordo com os diferentes aspectos e testar a velocidade.

Você recebe uma nota de desempenho e dicas que o ajudam a combinar o site com as melhores práticas de desempenho da Google Page Speed. Além disso, é possível observar o desempenho do seu site a longo prazo, pois cada teste é salvo em seu histórico.

GTMetrix

O GTmetrix é uma das ferramentas gratuitas mais populares para testar a velocidade da sua página. Ele verifica as métricas PageSpeed ​​e YSlow, atribuindo ao seu site uma nota de F para A.

Com um registro gratuito, você pode testar em sete locais diferentes. A ferramenta também permite que você escolha o navegador (Chrome ou Firefox). Você pode, ainda, testar e comparar o desempenho do site em relação a vários tipos de conexão para ver como isso afeta a carga da página.

Outros recursos avançados incluem uma reprodução de vídeo para analisar onde seu gargalo está ocorrendo. Com os anúncios desativados, você pode ver como eles afetam diretamente no carregamento do seu site.

Load Impact

De fácil configuração, o Load Impact oferece testes de carga instantânea para desenvolvedores, com análise de tendências de desempenho. Além disso, fornece um poderoso ambiente que permite criar cenários simples ou complexos e ainda registrar os resultados do teste carregado no site ou aplicativo usando sua extensão.

OctaGate SiteTimer

O OctaGate SiteTimer permite que você monitore o tempo que leva para que um usuário faça o download de uma ou mais páginas do seu site. Ele visita a página solicitada e baixa todo o conteúdo diretamente vinculado a partir dessa página.

À medida que as páginas são baixadas, a ferramenta armazena as estatísticas sobre quanto tempo leva para cada item baixar e quantos dados eles continham. Essa informação é apresentada em uma grade que pode auxiliar nas melhorias da velocidade do site.

É preciso inserir o URL que deseja testar que, por sua vez, gerará um gráfico de barras que inclui todos os objetos da página da web contendo informações como horários de início do download, horários finais e duração. Essa ferramenta é benéfica para descobrir rapidamente os objetos da página de carregamento lento para que você possa otimizá-los e, assim, melhorar a velocidade do site.

Como melhorar a performance do seu site

Se suas investigações revelarem que o seu site é mais lento do que você gostaria e que isso esteja afetando a experiência do usuário, é hora de começar a trabalhar para otimizá-lo. Confira algumas dicas de como melhorar a performance do seu site!

Habilite o cache do site

O cache é conhecido por melhorar o desempenho dos sites. É uma técnica que permite armazenar pontos de dados usados ​​com frequência na "memória em cache". Quaisquer pedidos subsequentes para o mesmo conteúdo são atendidos a partir da memória em cache, acelerando, assim, todo o processo de recuperação de dados.

Com essa ajuda, os elementos do seu site são armazenados em cache. Não através do armazenamento em cache do servidor web, mas sim por um navegador da web. Assim, nem todos os elementos precisam ser carregados novamente ao acessar um novo URL em seu site. O cache do navegador pode ser ativado por muitos CMS através de plugins ou extensões. Isso aumenta a velocidade de carregamento.

Diminua o número de redirecionamentos

Os redirecionamentos geralmente são usados ​​quando você vincula muitas vezes um endereço específico no seu site e demora muito para executar e alterar para um novo endereço — você configura um redirecionamento para se ligar automaticamente a um novo endereço sempre que um usuário clica no URL antigo.

Embora essa seja uma ferramenta inestimável em muitas situações, ela tem suas desvantagens. Quando você coloca um redirecionamento, isso significa que o usuário deve aguardar que a página seja essencialmente carregada duas vezes. Se você usar muitos redirecionamentos, dobrará os tempos de carregamento para as páginas.

Reduza o uso de arquivos CSS, Javascript e HTML

Com o CSS é possível definir tamanhos de script, cores e outros elementos no design da web. Se, no entanto, cada estilo individual for armazenado com seu próprio comando CSS no código HTML, cada elemento requer uma nova consulta, que precisará de mais tempo de carregamento.

Através de uma consolidação de todos os arquivos CSS em uma folha de estilo, o site pode ser apresentado mais rapidamente. A folha de estilo CSS está ligada a área do site e você pode reduzir o tamanho de CSS e JavaScript removendo caracteres vazios e desnecessários — esses também são chamados de "espaços em branco". Dessa forma, o código-fonte pode, por exemplo, ser reduzido a apenas uma linha.

Otimize o uso de imagens

As imagens são importantes para tornar um site claro e atraente para seus usuários. Mas elas também ameaçam aumentar, substancialmente, o tamanho do arquivo do site e diminuir o tempo de carregamento.

Quando se trata de peso da página, as imagens são uma das maiores contribuidoras. Se você quiser reduzir o tamanho, é preciso redimensionar as imagens grandes. Ao fazer o upload de fotos, lembre-se de que as dimensões da imagem nunca devem ser maiores que o tamanho do espaço disponível no site.

Mas digamos que você gostaria de oferecer uma imagem de alta resolução que as pessoas poderiam compartilhar e baixar —  o que você deveria fazer? Recomendamos fazer o upload de uma imagem que seja exatamente da largura da que você deseja disponibilizar e inseri-la na versão de alta resolução para evitar a pesagem da sua página.

Além das dimensões da imagem, você pode diminuir, ainda mais, compactando-a. A compressão de uma imagem ajuda a reduzir o tamanho do arquivo, o que, em última análise, ajuda a reduzir o tempo que leva para carregar uma página.

Reduza a publicidade excessiva

Sem dúvida, exibir anúncios são ótimos para monetizar sites de alto tráfego. Mas isso não deve acontecer ao custo do desempenho comprometido ou da experiência do usuário.

O impacto mais óbvio de sobrecarregar seu site com propagandas é a adição de solicitações HTTP, o que precisaria de tempo de processamento adicional. Especialmente os anúncios como downloads automáticos podem criar centenas de solicitações HTTP, fazendo com que seu site não responda.

Para resumir, limitar o número de anúncios de exibição garantirá um melhor desempenho para o seu site.

Fuja da lentidão com uma boa empresa de hospedagem

Seu provedor de serviços de hospedagem no Brasil ou no exterior faz uma grande diferença quando se trata de desempenho do site. Sim, sua velocidade de carga da página mais lenta do que a média pode não ser inteiramente sua culpa.

Se você tentou corrigir todas as causas acima mencionadas e, no entanto, seu site parece responder lentamente, então, fazer um upgrade na hospedagem de sites pode resolver seu problema. Escolha um provedor de hospedagem que ofereça serviços de otimização de desempenho agrupados no preço da hospedagem. O gerenciamento real de hospedagem gratuita ou paga deve incluir isso.

Quando um usuário vai ao seu URL, seu navegador fará ping no seu servidor pedindo as informações necessárias para carregar a página. Ótimos servidores obterão essas informações rapidamente. A qualidade dos seus servidores geralmente se resume ao seu serviço de hospedagem de sites e a memória RAM do servidor.

Como podemos ver, a velocidade de carregamento da página do site depende de uma variedade de fatores, como imagens não otimizadas, um alto número de solicitações HTTP, códigos volumosos e problemas de JavaScript. Pode ser uma tarefa difícil descobrir o que exatamente está causando que o site desacelere. Não importa o que a causa raiz possa ser, é preciso tomar todos os cuidados necessários para o sucesso do seu site.

Quer saber mais sobre como otimizar o desempenho do site e dicas de ferramentas? Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!


Avatar
Redação

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.


TOP 3 Provedores de Hospedagem
Hostinger logo
9.9 /10
GoDaddy logo
9.1 /10