Frameworks PHP: conheça os melhores

Frameworks PHP

Os frameworks PHP estão por trás das aplicações mais usadas no mundo. O PHP é amplamente utilizado em projetos de grande porte. O Facebook, por exemplo, utiliza o PHP para manter e criar seus sistemas internos, enquanto o WordPress usa PHP para potencializar seus componentes internos.

Neste artigo, vamos mostrar os frameworks mais populares e examinar como eles se comparam, para te ajudar a decidir qual deles pode ser o mais adequado às suas necessidades. Confira!

Afinal, o que são frameworks?

Em linguagem computacional, framework é uma plataforma de software universal reutilizável para desenvolver sites, software, produtos e soluções. Em outras palavras, podemos dizer que é um tipo de biblioteca que fornece aos desenvolvedores da Web uma base de código e formas padronizadas e consistentes de criação.

Os frameworks simplificam o desenvolvimento de aplicações web escritas em PHP, fornecendo uma estrutura básica que ajuda a promover o desenvolvimento rápido, o que economiza seu tempo e cria aplicativos mais estáveis.

As estruturas também podem ajudar os iniciantes a garantir a interação e codificação apropriadas do banco de dados na camada de apresentação. Isso permite gastar mais tempo criando o aplicativo da web real, em vez de gastar tempo escrevendo códigos repetitivos.

Um framework oferece módulos pré-construídos para realizar tarefas tediosas de codificação, de modo que o desenvolvedor possa gastar seu tempo desenvolvendo realmente o aplicativo, em vez de reconstruir a base como um todo.

Quais são frameworks PHP mais populares?

Como um desenvolvedor PHP, pode ser difícil decidir qual framework usar, afinal, existe uma lista extensa deles.

Depois de aprender um pouco sobre o que cada estrutura pode fazer, você estará mais bem equipado para determinar qual é a melhor opção.

Agora, neste ponto, há uma coisa que vale a pena mencionar: apesar de não existirem dois frameworks PHP iguais, e cada framework ter certos projetos que são mais adequados, a maioria pode ser usada para qualquer projeto que você deseje. A sua escolha é basicamente uma questão de como você codifica e o que quer realizar.

Laravel

O Laravel é um framework que permite escrever belos códigos, facilitando várias operações, como registro, roteamento, armazenamento em cache e trabalho com sessões.

O Laravel é uma ferramenta simples, mas poderosa e flexível para criar grandes projetos, mesmo para iniciantes.

Para utilizar, é necessário ter o PHP 5.5, ou superior — a instalação é simples e rápida. Após a instalação, você receberá o código para construir seu projeto.

Essa estrutura é uma ótima escolha para criar projetos pequenos e médios. No entanto, ele também pode ser usado para desenvolver sites em grande escala.

Symfony

O Symfony é um conjunto de componentes PHP reutilizáveis, permitindo ao desenvolvedor criar aplicativos escaláveis ​​e de alto desempenho.

Com 30 componentes para escolher, o desenvolvedor tem a liberdade total de experimentar e trabalhar. As APIs do Symfony também permitem fácil integração com aplicativos de terceiros e podem ser usadas com estruturas populares, como o AngularJS.

Muitos projetos populares, incluindo o Drupal, também usam um framework Symfony. Na verdade, o Laravel é construído a partir do Symfony.

Yii

A principal atração da estrutura do Yii é seu poderoso armazenamento em cache e suporte AJAX integrado.

Também é fácil de instalar e projetado de baixo para cima, para o desenvolvimento de aplicativos de alto desempenho. Como os outros frameworks da lista, o Yii é desenvolvido com um padrão MVC em mente, permitindo a criação de código claro, conciso e facilmente reutilizável.

Notavelmente, ele também foi projetado para ser agradável com código de terceiros, o que significa que você pode implementar facilmente o Yii junto com outro framework, se quiser.

O tratamento de erros também é muito positivo em favor de Yii, e o framework torna incrivelmente fácil executar testes em seu código.

CakePHP

O CakePHP é mais avançado que alguns dos outros frameworks da lista. Seus principais pontos de venda são geração de código e prototipagem rápida.

Depois de configurar seu banco de dados — um processo simples que não requer configuração adicional — o framework fornece uma estrutura básica para o código do seu aplicativo, juntamente com um conjunto de convenções que funcionam como uma diretriz para o desenvolvimento.

Fora dessas convenções, você está praticamente livre para fazer o que quiser, pois o CakePHP lidará com o trabalho desnecessário quando você estiver programando. O CakePHP é projetado principalmente para o desenvolvimento de aplicativos da web.

Phalcon

O Phalcon é um framework PHP 5 que é implementado como uma extensão C para oferecer menor consumo de recursos e alto desempenho. Não há necessidade de aprender ou usar a linguagem C, já que a funcionalidade é exposta como classes PHP prontas para uso. Como Phalcon é fracamente acoplado, você está livre para usar o framework completo, ou apenas partes específicas dele como componentes de cola.

Em vez de baixar um arquivo — extraí-lo para um diretório como você faz com a maioria das estruturas —, o Phalcon pode ser baixado e instalado como um módulo PHP. Ao criar um framework completo, escrito inteiramente em C e empacotado como uma extensão .php, o Phalcon é capaz de economizar tempo de processamento e melhorar o desempenho geral.

Zend

O Zend é uma estrutura de código aberto para desenvolvimento de aplicações web, usando código orientado a objetos. Os componentes da biblioteca padrão formam uma poderosa estrutura extensível quando combinados, oferecendo uma implementação MVC robusta e de alto desempenho.

É facilmente extensível, adaptando-se às suas necessidades, com uma base modular para que você possa usar blocos de construção em combinação com outros aplicativos ou estruturas.

Usando o Zend, é possível implementar bibliotecas de clientes para acessar os serviços da Web mais populares disponíveis. Como o Zend é uma coleção de classes, você pode apenas carregar o necessário, para aproveitar os componentes como bibliotecas individuais, em vez do framework como um todo, reduzindo o inchaço desnecessário do projeto.

Cuidados necessários na hora de usar frameworks

Não importa qual framework você esteja usando, pode ser fácil para os desenvolvedores caírem na armadilha de maus hábitos de programação e código desorganizado.

As estruturas devem implicar em reduzir o tempo e o esforço de desenvolvimento, economizando dinheiro, aumentando a qualidade do código e oferecendo a oportunidade de criar aplicativos amigáveis ​​e interativos. Aqui estão algumas dicas importantes:

  • faça um plano antes de começar a escrever o seu código;
  • não se esqueça do banco de dados;
  • dê atenção às regras básicas do banco de dados, como planos de normalização, redundância e backup;
  • escreva os erros em um log de erros.

Para saber as melhores hospedagens para esses frameworks PHP, acesse o nosso ranking!

Analista de sistemas, entusiasta do Open Source e apaixonado por tecnologia. Tem anos de experiência em hospedagem de sites, servidores Linux e desenvolvimento web. Sempre buscando aprender mais sobre a indústria de hospedagem e suas peculiaridades.

Receber novidades por email: