O que é virtualização de servidores: entenda como funciona

O que é virtualização de servidores

A virtualização de servidores é uma técnica de implementação de servidores virtuais independentes a partir de um único servidor físico. Devido às inúmeras vantagens que sua execução proporciona, essa tem sido uma tendência cada vez mais forte na área de TI.

Com a virtualização de servidores, um servidor físico pode ter seus recursos divididos em servidores virtuais menores com sistemas operacionais diferentes. Neste processo, o servidor físico em si fica encapsulado, escondido dos usuários finais, que podem ter diferentes finalidades.

Por meio de um software, o servidor físico é dividido em múltiplas unidades virtuais, cada qual utilizando uma parcela dos recursos de hardware. Mas há muito para aprender sobre virtualização de servidores e saber se é uma alternativa viável para você. Acompanhe para entender como funciona!

Como funciona essa virtualização?

Para entender como funciona a virtualização de servidores, é importante conhecer um pouco sobre o servidor dedicado e seus recursos. Um servidor é um servidor físico com recurso de hardware, como processador, memória RAM, dispositivos de armazenamento e rede, etc.

Assim como qualquer outro servidor, esse servidor físico também tem um sistema operacional, responsável por gerenciar os recursos de hardware. Mas aqui, há uma diferença, esse servidor conta também com o suporte de tecnologias de virtualização, tanto de hardware quanto de software.

O sistema de virtualização utilizado para dividir o servidor físico em vários servidores menores, é chamado hipervisor – ele é quem fica responsável pelo monitoramento das máquinas virtuais, os servidores menores criados com virtualização no servidor físico.

Virtualização de servidores - Windows

Os hipervisores ou plataformas de virtualização permitem a emulação da divisão de hardware do servidor físico em máquinas virtuais. Em outras palavras, cada máquina virtual pode ter uma alocação de recursos diferentes.

Por exemplo, é possível configurar uma máquina virtual com mais memória RAM, outra com mais espaço para armazenamento, outra com mais tráfego ou velocidade de banda, e por aí vai.

Os recursos das máquinas virtuais podem se configurados sob demanda. Em outras palavras, é possível configurar um servidor físico com 16 GB de memória para ter 4 sistemas com 4 GB de memória cada, desde que as todas as máquinas não utilizem o máximo de recursos ao mesmo tempo.

Além disso, é possível definir o sistema operacional de cada máquina virtual de forma independente, restringindo o uso de cada uma de acordo com os limites definidos.

Quais as vantagens da virtualização de servidores?

Os benefícios da virtualização de servidores são a grande razão de essa técnica ser tão importante no mundo de TI, na gestão de data centers, e claro, no universo de hospedagem de sites. Afinal, as tecnologias de virtualização são vitais para os provedores de hospedagem.

Virtualização de servidores - Vantagens

Aqui estão as principais vantagens da virtualização de servidores:

  • Criação de ambientes isolados - é possível colocar as aplicações em sistemas operacionais dedicados de forma a eliminar as incompatibilidades;
  • Redução de custos - A consolidação de servidores virtuais em uma única máquina reduz os custos com hardware, refrigeração e energia;
  • Criação de servidores virtuais privados - uma opção de hospedagem para sites que precisam de maior controle do ambiente de hospedagem;
  • Gestão centralizada - as ferramentas de virtualização facilitam a manutenção e gestão de servidores virtuais, e, consequentemente, do data center;
  • Praticidade na migração -  mover um servidor virtual de um lugar para outro é definitivamente mais fácil do que mover um servidor físico;
  • Configuração rápida - a implantação de um servidor virtual é muito mais rápida e ágil do que a de um servidor físico;
  • Melhor utilização de recursos - com várias máquinas virtuais compartilhando os mesmos recursos, a utilização desses recursos é otimizada, aumentando a utilização do hardware disponível;
  • Facilidade para backup - o gerenciamento a partir da plataforma virtual permite a realização de cópias de segurança e restauração com maior facilidade e transparência;
  • Permite testes e simulações - com máquinas virtuais, é possível criar ambientes para testes e simulações isoladas da máquina hospedeira (servidor físico);
  • Criação de ambiente para desenvolvimento - os servidores virtuais facilitam a criação de ambientes de desenvolvimento com tecnologias diferentes.

São muitos os benefícios de usar a virtualização de servidores, essas são apenas algumas das vantagens. Se utilizada da maneira correta, a virtualização de servidores certamente trará um grande retorno sobre o investimento na empresa, adaptando diferentes cargas de trabalho e automatizando processos.

Quais as principais plataformas de virtualização?

Quando se trata de plataformas de virtualização de servidores, existem várias soluções disponíveis no mercado. Desde ferramentas proprietárias e caras, até plataformas gratuitas e de código aberto.

O que é virtualização de servidores - RHEV

Abaixo, você pode ver a lista com as principais plataformas de virtualização de servidores.

Plataformas proprietárias e pagas

  • VMware vSphere / ESXi - plataforma líder em virtualização, capaz de virtualizar até 512 servidores em uma só máquina;
  • Microsoft Hyper V - sistema de virtualização proprietário da Microsoft, ideal para virtualização de servidores com Windows;
  • IBM PowerVM - solução proprietária de virtualização de servidores focada em segurança e voltada para máquinas virtuais com Linux;
  • Red Hat Virtualization - plataforma de virtualização da Red Hat, baseada em KVM e capaz de virtualizar tanto Linux quanto Windows.

Plataformas abertas e gratuitas

  • KVM - ou Kernel-based Virtual Machine é uma virtualização integrada ao Linux. Com o KVM é possível rodar vários sistemas operacionais diferentes, até o Windows;
  • Citrix Hypervisor (antigo Xen Server) - é baseado no modelo de máquinas paravirtuais para criar um hypervisor e gerenciar múltiplos sistemas operacionais executados no mesmo hardware.
  • OpenVZ - cria instâncias de máquinas virtuais chamadas de containers, muito utilizado por empresas de hospedagem nos serviços de VPS.

Além dessas ferramentas, várias outras estão disponíveis no mercado e outras em desenvolvimento. Você pode conferir essa lista (em inglês) com um comparativo dessas tecnologias.

Perguntas frequentes sobre virtualização de servidores

Virtualização é um assunto complexo, logo, é natural ficar com algumas dúvidas sobre esse tipo de tecnologia. Assim, existem algumas dúvidas que são recorrentes para quem está começando a entender mais sobre tecnologias de virtualização de servidores.

Virtualização de servidores - FAQ

Abaixo, selecionamos algumas perguntas que são frequentemente feitas sobre a virtualização de servidores.

Servidores virtuais tem desempenho inferior?

As tecnologias mais avançadas de virtualização já permitem que os recursos de hardware sejam passados de forma direta para a máquina virtual. Como resultado, um servidor virtual pode ser criado perda de performance, utilizando os recursos da mesma forma que o servidor físico.

Qual o custo para utilizar essa tecnologia?

O custo pode variar a depender necessidade da empresa. Para uma pequena empresa, é possível utilizar uma plataforma de virtualização gratuita. Dessa forma, o principal custo seria com investimento inicial, para aquisição de equipamentos para dar início à virtualização.

Essa tecnologia é válida para pequenas empresas?

Se a empresa precisa de mais de um servidor, é definitivamente uma opção a ser considerada. Além do baixo investimento e das plataformas gratuitas de virtualização, ainda há a economia de espaço físico da empresa, principalmente no caso de utilizar um servidor remoto.

Se o servidor físico der problema, todas as VMs são perdidas?

As máquinas virtuais precisam de um servidor físico em operação para funcionarem. No entanto, a maioria das plataformas de virtualização são projetadas com soluções de alta disponibilidade. Assim, as máquinas virtuais podem ser distribuídas em mais de um servidor e ter alta tolerância à falhas.

Afinal, quando compensa usar essa tecnologia?

A virtualização de servidores implica em vários benefícios tanto de ordem técnica como financeiros. A possibilidade de migração dos fluxos de trabalho e a agilidade para estabelecer um novo servidor virtual são grandes diferenciais claros em relação à abordagem puramente física.

No entanto, é importante avaliar se essa opção é viável para a empresa. Afinal, a implementação dessa tecnologia requer algum investimento inicial. Se você acredita a virtualização poderá ajudar na redução de custos, melhoria nos processos e produtividade – experimente essa opção.

Você pode começar conhecendo mais sobre o que é VPS e como um servidor virtual funciona, já que é uma das principais aplicações da virtualização. Assim, você pode ver o resultado da virtualização de servidores na prática, sem ter que gastar muito para isso.

E se você realmente não quer pagar nada no começo, é possível experimentar um servidor virtual sem compromissos – completamente de graça. Basta criar uma máquina virtual no seu computador ou usar um VPS grátis para dar início na sua jornada de virtualização de servidores.

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.
Receba os artigos do blog por e-mail: