User interface design: saiba mais sobre UI

user interface design

Ter um site ou um aplicativo é quase uma regra para as empresas na era dos negócios digitais. Ao mesmo tempo, os consumidores, em contato com interfaces inovadoras, sistemas de atendimento personalizados e humanizados, vêm tornando-se cada vez mais exigentes com essas plataformas. Há algumas chaves para desenvolver sites e aplicativos nessa era: uma delas é a user interface design (UI).

Esse conceito vai além de designs bonitos. Ele insere a importância de dar atenção à usabilidade, ou seja, à fácil identificação, por parte do usuário, dos elementos, funções e possíveis ações em uma página web ou em um aplicativo. Entenda o que é UI e qual a diferença dela para user experience (UX). Saiba, ainda, como integrar ambas e melhorar o desenvolvimento dos seus produtos.

O que é user interface design?

User interface ou interface do usuário é o termo utilizado para definir como um aplicativo ou software interage com as pessoas. O desenvolvimento dessa área visa facilitar uma navegação simples, rápida e sem confusões. São todos os elementos visíveis utilizados para orientar o cliente.

Ela abrange não apenas o layout, mas também a usabilidade, isto é, a disposição dos serviços, dos menus e das suas etiquetas, o encadeamento de páginas etc.

Quando você abre um novo site, por exemplo, e consegue encontrar as informações de que precisa de forma instintiva e instantânea, é porque o desenvolvimento da página conta com uma boa imersão nesse conceito.

Uma boa user interface design permite que sua compra em um site seja mais agradável, apresentando os produtos organizados em tipos, preços e cores.

Quem desenvolve a UI?

O designer de interface do usuário, ou UI designer, é quem trabalha esses conceitos na construção de um site ou de um aplicativo. Ele precisa encontrar o equilíbrio entre os elementos, sem que estes sejam excessivos e poluam a tela, atrapalhando, mais do que esclarecendo.

Mas também precisa estar atento para que não faltem elementos. Para chegar nessa balança, é necessário conhecer o público que acessa sua plataforma e como eles a utilizam. Também é importante que esse profissional consiga adiantar as necessidades do usuário.

Mas, atenção! O web designer também é um designer de interfaces, mas de web. Ele projeta o layout e os elementos da interface, mas sua especialidade não é ir a fundo nas interações entre as pessoas e as interfaces.

Seu foco está mais no layout do que na interação, ao contrário do UI designer. Apesar da diferença, na prática, esses dois profissionais quase sempre são a mesma pessoa.

A interface do usuário está diretamente ligada a outro conceito: o de experiência do usuário ou user experience. Vejamos a diferença entre ambos.

Qual a diferença entre User Interface (UI) e User Experience (UX)

user experience refere-se às sensações de um público-alvo ao estar num ambiente, seja ele digital ou não. Quando você entra em uma página web e encontra as informações desorganizadas e um layout feio, é comum que sinta que a empresa não é confiável.

O profissional que cuida da user experience, o UX designer, planeja como o usuário irá se sentir ao entrar em contato com uma interface, quais emoções serão evocadas. Já o UI Designer desenvolve a interface com vista a facilitar a navegação e gerar as sensações planejadas pelo UX designer. O UI designer é a conexão entre o planejado pelo UX designer e o usuário.

Portanto, user interface e user experience, embora sejam áreas diferentes, atuam em conjunto. Entenda a importância de integrar as duas.

Qual a importância de integrar os dois conceitos?

A integração entre a experiência do usuário e a interface do usuário possui dois benefícios principais:

Redução de gastos

Utilizar essas duas noções de forma integrada permite que sua empresa economize dinheiro. Ter um site organizado, bonito, eficiente e que gera no consumidor as sensações importantes para que se efetive a compra, para que se contrate um serviço ou mesmo para que se compreenda uma informação, traz economia para a empresa. Por quê?

Porque uma plataforma ou interface bem elaborada diminui os gastos com atendimento ao cliente, reduz os problemas, confusões e reclamações do consumidor. Economiza tempo da sua equipe e proporciona uma boa experiência para o usuário.

Projeto consistente

Entender as necessidades do projeto e conseguir explicar isso para o usuário permite que a proposta tenha mais chances de dar certo. Pense em um site de sapatos em que o consumidor demora a achar o menu onde escolhe a sua numeração. Certamente as vendas serão menores.

Mas, se o seu site proporciona uma experiência satisfatória para o usuário, é provável que ele retorne ali para comprar mais vezes. Os clientes confiam mais na página e isso resulta em uma fidelização do público.

Quais os elementos de uma boa UI?

Vários elementos necessitam estar no foco de um UI designer: a tipografia, as paletas de cores, os efeitos e os elementos de interação são alguns deles. As tipografias e as cores merecem estudos à parte, pois podem provocar sensações e evocar memórias diferentes.

Por exemplo, sabemos que o amarelo é excitante. Portanto, se o seu user designer quer criar um ambiente propício a compras rápidas, como a de comidas, o amarelo pode ser uma boa pedida.

Os efeitos e elementos de interação são igualmente importantes. Quando um usuário clica em um vídeo, por exemplo, ele precisa saber que o material está carregando. É essencial que apareça uma barra indicando essa ação.

Outro exemplo: um botão deve parecer que funciona, isto é, deve ser “clicável”. Melhor do que clicar no nome de uma cor de sapatos, é ter uma paleta de cores, na qual se escolhe a cor desejada. E assim por diante.

Além de dominar esses elementos e a interatividade, o UI designer precisa prestar atenção em algumas características de uma boa user interface design. Ela deve ser:

  • clara: as funções na interface devem ser rapidamente identificáveis;
  • concisa: explicar com poucas palavras e elementos é a melhor fórmula;
  • familiar: a interface precisa ser intuitiva, algo que o usuário reconhece como natural;
  • responsiva: dar respostas rápidas e dar feedbacks ao usuário (como exemplificado com a barra de carregamento e com o botão que aparece como pressionado);
  • consistente: a interface deve permitir que o usuário se adapte a um contexto, que aprenda sobre os botões, abas, ícones e outros elementos.

Agora que você conhece a importância da user interface design e da user experience, pode começar a aplicar esses conceitos no desenvolvimento dos seus sites e aplicativos, melhorando a usabilidade das interfaces desenvolvidas para sua empresa. Se gostou dessa dica, siga-nos no Facebook, no Twitter, no Google+ e no Instagram!

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.
Receber novidades por email: