7 melhores ferramentas para monitorar o uptime do seu site

Avatar

Redação

0 avaliações

10 de maio de 2019 às 1:28

Monitorar o uptime é fundamental para garantir a maior disponibilidade do seu site na Internet.

Durante a navegação na internet, cada milissegundo é valioso no momento de carregar as informações de uma página. O mundo da internet é o mundo da velocidade e, por isso, é necessário monitorar o uptime do site para garantir que ele estará sempre disponível para acesso.

Ferramentas de monitoramento de sites

Além de ser fundamental para o serviço de hospedagem, o uptime também é considerado como um critério de otimização SEO. Em outras palavras, um site que fica off-line com frequência dificilmente manterá um bom posicionamento no Google.

Então, se você quer se certificar de que sua hospedagem está mantendo seu site sempre disponível, uma ferramenta para monitorar o uptime é essencial. Para facilitar a sua busca pela melhor opção, separamos as melhores ferramentas de monitoramento de sites (gratuitas).

Aqui estão as melhores ferramentas para monitorar o uptime do seu site:

  • UptimeRobot (fácil de usar e completamente grátis)
  • Pingdom (interface amigável e grátis por 14 dias)
  • StatusCake (monitoramento grátis para até 10 sites)
  • Insping (monitora até 2 sites no plano gratuito)
  • Site24x7 (monitoramento gratuito por tempo ilimitado)
  • AppBeat (monitor de uptime voltado para aplicativos)
  • Monitis (monitoramento para aplicações corporativas)

Todas as ferramentas são gratuitas ou possuem um período de teste, cabe a você definir quais possuem as funcionalidades adequadas para monitorar os seus sites.

1. Uptime Robot

O Uptime Robot é uma das ferramentas mais populares para monitoramento de servidores e sites. Entre os destaques do Uptime Robot, está a possibilidade de monitorar vários sites simultaneamente e armazenar os registros por até 2 meses no plano gratuito.

Além de acompanhar o uptime, o Uptime Robot também registra o tempo de resposta do servidor, verificando também a estabilidade do servidor quanto ao desempenho do site.

Monitorar o Uptime - Uptime Robot

Esta ferramenta de monitoramento de sites é disponibilizada em duas modalidades, gratuita e paga. É possível configurar o Uptime Robot para monitorar o site de acordo com a presença de uma palavra-chave na página. Os registros podem ser mantidos por 2 meses no plano gratuito e por 1 ano nos plano pago, que oferece adicionais como notificações por SMS e um intervalo menor no monitoramento.

  • Quantidade de sites: 50;
  • Intervalo de verificação: 5 minutos no plano gratuito, 1 minuto no plano pago;
  • Alertas: e-mail, SMS, RSS e notificação no aplicativo para smartphone;
  • Armazenamento dos registros: 2 meses no plano gratuito, 1 ano no plano pago.

O Uptime Robot gera uma página de status para todos os sites monitorados, você pode ver um exemplo em nossa página de status. Também é possível monitorar os certificados SSL com o Uptime Robot, que vai alertar caso exista algum problema ou em caso de certificado expirado.

2. Pingdom

Outro serviço já bem estabelecido, é o Pingdom. A ferramenta está disponível em inglês e além do monitoramento de sites, permite monitorar as atividades dos visitantes do site em tempo real, realizando a análise de dados de desempenho. Assim, é calculado o tempo que cada página demora para carregar, a partir da experiência dos usuários.

Monitorar o Uptime - Uptime Robot

Se há algum caminho do site que aumenta a taxa de rejeição, por exemplo, o Pingdom identifica facilmente. Ele detecta, ainda, o tempo que o site demora para carregar em diferentes países, disponibiliza as páginas mais acessadas e as origens de tráfego, indicando até mesmo os navegadores utilizados. Se o site conta com algum problema para carregar, o Pingdom envia relatório avisando a raiz do problema (conexão, back-end ou front-end).

  • Quantidade de sites: 1 no plano gratuito, até 250 nos planos pagos;
  • Intervalo de verificação: 1 minuto;
  • Alertas: e-mail, notificação no aplicativo para smartphone e SMS nos planos pagos;
  • Armazenamento dos registros: até 400 dias (13 meses).

Um diferencial do Pingdom é a escolha da localização do servidor que vai monitorar o site. São mais de 60 servidores (incluindo um servidor no Brasil) para oferecer o melhor suporte a quem busca otimizar o site. A interface é intuitiva e, ainda, oferece aplicativo para uso no celular. Tudo de forma gratuita para quem quer acompanhar o uptime do site de forma descomplicada.

3. StatusCake

O StatusCake é mais uma ferramenta para monitorar o uptime do site. Além de monitorar o site, calcula também o tempo de atividade do seu aplicativo web e/ou mobile. Entre seus diferenciais, está a apresentação em forma de gráfico sobre a velocidade das páginas enquanto tem dez, vinte ou cinquenta pessoas acessando o site simultaneamente.

Monitorar o Uptime - StatusCake

É interessante analisar se, durante momentos de pico de acessos, a demora para carregar a página é tanta que chega a causar muitas desistências. É uma boa ferramenta para quem busca aperfeiçoar ainda mais o blog ou site. Se você optar pela versão comercial paga, vai contar com ferramentas avançadas para analisar o seu site.

  • Quantidade de sites: 10 - 300+;
  • Intervalo de verificação: 5 minutos no plano gratuito, 1 minuto ou menos nos planos pagos;
  • Alertas: e-mail, SMS e integração com outras plataformas;
  • Armazenamento dos registros: 2 meses no plano gratuito, 1 ano no plano pago.

Assim como o UptimeRobot, o StatusCake também monitora os certificados SSL. Além disso, é possível monitorar outros aspectos, como o processamento de servidores Linux, domínios (para ser notificado sobre a data de expiração) e até verificação de vírus/malware no site.

4. Insping

Entre as ferramentas de monitoramento de sites, o Insping é mais uma com o foco específico para monitorar o uptime de um site. Embora possua planos pagos, é possível utilizar a ferramenta gratuitamente para monitorar até 2 sites com um intervalo de verificação de 5 minutos.

Insping screenshot

Além do apelo pela simplicidade, o Insping permite o gerenciamento da conta por múltiplos usuários – ideal para sites geridos por equipes.

  • Quantidade de sites: 2 no plano gratuito e até 25 nos planos pagos;
  • Intervalo de verificação: 5 minutos no plano gratuito e 1 minuto nos planos pagos;
  • Alertas: e-mail, SMS e telefone;
  • Armazenamento dos registros: 1 ano.

É possível escolher a localização do servidor de monitoramento fazendo uma solicitação para o suporte do Insping. Ainda que tenha um foco maior para o monitoramento de sites, é possível monitorar DNS e de portas personalizadas.

5. Site24x7

O Site24x7 é uma ferramenta de monitoramento de sites da Zoho com opções avançadas para monitorar o seu site. É possível utilizar as funcionalidades básicas do serviço sem pagar nada por isso. Todos os planos incluem o monitoramento a partir de mais 90+ localizações com notificação por e-mail.

Site24x7 screenshot

O diferencial do Site24x7 está no suporte a plugins, que integram outras tecnologias como nginx e Twilio. No entanto, essas funcionalidades são exclusivas dos planos pagos. Ainda assim, é possível utilizar o Site24x7 para monitorar até 5 sites ou servidores.

  • Quantidade de sites: 1-1000+;
  • Intervalo de verificação: 1 - 30 minutos a depender do plano;
  • Alertas: e-mail, SMS e ligação por voz;
  • Armazenamento dos registros: até 500 MB nos planos pagos.

O Site24x7 vende alguns adicionais separadamente, permitindo o upgrade do plano de acordo com as necessidades dos clientes. É possível pagar por mais servidores de monitoramento ou mais armazenamento para os logs.

6. AppBeat Monitor

O AppBeat Monitor é uma solução paga para monitorar o uptime de um site ou de um serviço online. É possível medir os indicadores fundamentais para o bom desempenho do projeto disponibilizando o link de qualquer site do mundo. As variáveis analisadas são o tempo de conexão, tempo que o site leva para carregar o primeiro byte e o tempo total de carregamento.

Monitorar o Uptime - AppBeat

Entre os principais recursos do AppBeat, está a possibilidade de monitorar o site ou servidor em uma porta específica. Também é possível monitorar outros serviços, como os serviços de e-mail (protocolos IMAP, POP3, SMTP) e integrar o AppBeat com outras ferramentas, como Slack.

  • Quantidade de sites: 15 - 500+;
  • Intervalo de verificação: 1 minuto;
  • Alertas: e-mail, SMS e integração com outras plataformas;
  • Armazenamento dos registros: 1 ano.

A conclusão que dá origem ao resultado é baseada na média do tempo total médio que as estações calculam. Há estações espalhadas por todos os continentes, para você poder comparar os resultados em diferentes localidades.

7. Monitis

Você já deve ter falado do TeamViewer, certo? O Monitis é um serviço da TeamViewer que incorporou o serviço do Monitor.us. Oferecendo somente planos pagos, o valor mínimo para utilizar a ferramenta é cerca $12 por ano, no entanto, é possível experimentar a ferramenta de monitoramento por 15 dias gratuitamente.

Monitorar o Uptime - Monitis

O diferencial do Monitis está na personalização do plano de serviço. É possível personalizar o plano de acordo com as suas necessidades, incluindo recursos específicos, como o monitoramento de servidores, monitoramento dos usuários em tempo real e a localização dos servidores.

  • Quantidade de sites: 1-10000;
  • Intervalo de verificação: 1 minuto;
  • Alertas: e-mail, SMS e telefone;
  • Armazenamento dos registros: 2 anos.

O Monitis possui um suporte avançado e em tempo real para atender seus clientes. Para quem precisa de uma ferramenta avançada para monitorar o uptime, investir numa solução como o Monitis pode ser uma boa opção.

O que é uptime?

O termo "uptime" traduzido literalmente do inglês significa "tempo em atividade", e se refere à disponibilidade de um sistema de computador, geralmente um servidor. Em hospedagem de sites, o uptime vai indicar o tempo que um site ou um servidor web permaneceu disponível para acesso e operando sem interrupções.

Os provedores de hospedagem costumam indicar a garantia de uptime dos seu servidores. As melhores hospedagens de sites oferecem uma garantia de uptime de 99,9%. Quando um site está fora do ar, o termo "downtime" é utilizado para indicar a indisponibilidade do servidor – o período em que o site ficou fora de atividade.

Como monitorar o uptime de um site?

Existem várias formas de monitorar o uptime de um site, uma das mais populares e acessíveis é usar uma ferramenta de monitoramento de sites. Esse tipo de ferramenta é disponibilizada como um serviço que utiliza outro servidor para verificar se o seu site está respondendo ou não.

A utilização dessas ferramentas geralmente consiste em adicionar os endereços dos sites que serão monitorados e o tempo de intervalo para monitoramento. Quanto menor o intervalo de verificação você definir, maior será a chance para identificar quedas ou indisponibilidade do serviço.

Conclusão

Com tantas opções de ferramentas de monitoramento de sites, não há desculpas para não monitorar o uptime o seu site. Acompanhe a atividade do seu site, saiba em quais momentos ele demora para responder (ou não responde) e verifique se o seu provedor de hospedagem entrega a garantia de uptime prometida.

Já está acompanhando o uptime do seu site? Compartilhe este artigo e ajude mais pessoas a monitorarem seus sites!


Avatar
Redação

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.


TOP 3 Provedores de Hospedagem
Hostinger logo
9.9 /10
GoDaddy logo
9.1 /10