Hospedagem de loja virtual: saiba qual é a melhor opção

Hospedagem para e-commerce

O comércio eletrônico cresceu significativamente nos últimos anos. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o ano de 2017 rendeu para o setor quase R$ 60 bilhões. Ou seja, nem mesmo a crise econômica foi capaz de interromper os ganhos dos lojistas virtuais. Por isso, se você quer uma fatia desse mercado, deve levar em conta a hospedagem de loja virtual.

Entenda que esse é um fator de sucesso quando falamos de lojas virtuais, pois uma hospedagem configurada inadequadamente tende a gerar problemas de desempenho e usabilidade. No fim das contas, isso resulta em desperdício de recursos e prejuízos financeiros.

Um site lento, por exemplo, acaba influenciando a taxa de conversão. Ou seja, mesmo que seus produtos apresentem alto potencial e sua base de leads seja qualificada, a chance de perder vendas é inerente a esse tipo de descuido.

Pensando nisso, preparamos este artigo sobre hospedagem de loja virtual. Por meio dele, você vai poder entender melhor a importância de ter um site estável e dentro da configuração correta. Quer descobrir como escolher um servidor relevante? Então, acompanhe!

Por que é importante ter uma boa hospedagem de loja virtual?

Uma das vantagens de se ter uma loja virtual, certamente, está na lógica de o estabelecimento nunca fechar. Assim, o consumidor tem mais liberdade de acessar os produtos ou serviço em um momento oportuno.

Então, se a ideia é manter as portas abertas por 24 horas e durante os 7 dias da semana, o empreendedor, no mínimo, precisa contar com um suporte que atenda a essa demanda. Afinal, isso traz benefícios e reduz, consideravelmente, os contratempos desnecessários.

É claro que contratar um serviço de hospedagem de loja virtual não é uma atividade tão simples, principalmente, quando há uma variação considerável de preços e empresas oferecendo esse tipo de serviço no mercado.

Nesse sentido, a elaboração de uma checklist ajuda a definir o modelo ideal para o seu negócio. Por isso é importante que você também avalie alguns requisitos técnicos como:

  • capacidade da CPU e memória RAM disponibilizadas;
  • compartilhamento de recursos;
  • gerenciamento de soluções;
  • estrutura Certificado SSL;
  • idoneidade dos datacenters;
  • tráfego máximo permitido;
  • garantia de tempo disponível (SLA).

Até porque isso é imprescindível para garantir desempenho, velocidade e conversão, já que é a hospedagem é a responsável por armazenar todos os códigos que circulam, sem cessar, durante todos os dias.

Como bem sabemos, é ela que disponibiliza o espaço virtual dentro dos servidores de empresas especializadas. E essas organizações asseguram que sistemas operacionais, softwares e outros arquivos se mantenham atualizados, numa estrutura funcional. Dessa forma, todo o conteúdo pode ser acessado independente do momento.

Por isso é tão importante que os roteadores e servidores, por exemplo, funcionem perfeitamente, porque disso dependem os resultados positivos de sua loja virtual.

Quais são os tipos de hospedagem?

Como dissemos, muitas empresas oferecem esse tipo de serviço, por isso saber diferenciar as funcionalidades dos servidores é fundamental para definir os recursos e a limitação de espaço. No mercado, há vários modelos, sendo uns mais populares que outros. Confira quais são a seguir.

Compartilhada

Normalmente, esse formato funciona como um provedor unitário. Isso quer dizer que nesse mais sites são hospedados. Logo, não serve a apenas um cliente. Em termos de custo-benefício agrada muito aqueles cujo orçamento é apertado, pois, em geral, é mais barato que os demais.

Por outro lado, ele não é o mais indicado para hospedagem de loja virtual de grande porte, uma vez que essa estrutura de compartilhamento costuma limitar algumas funções da loja virtual, levando à deficiência no funcionamento do servidor e lentidão no carregamento das páginas.

Dedicado

Se a sua loja virtual é grande e precisa de serviços personalizados e ótimo desempenho, esse é o modelo apropriado para ela, pois, embora seja mais oneroso, na maior parte das vezes, supre às expectativas.

Nesse plano, o servidor serve apenas a uma única plataforma, por isso oferece autonomia, performance e rapidez. Além do mais, esse tipo de servidor garante uma hospedagem cloud, ou seja, o serviço é disponibilizado via internet.

A vantagem disso é que se o limite de visita de clientes for atingido, o acesso é redirecionado, a fim de permitir a entrada de outros usuários.

VPS

Conhecido como Servidor Virtual Privado, esse modelo tende a agregar, e muito, às lojas virtuais, pois oferece capacidade de personalização total, o que é ótimo para sites que crescerem muito e precisam de um espaço dedicado.

A criação dele pode ser feita em ambiente Windows ou Linux, porém, a exigência de um conhecimento técnico acerca do servidor é necessária por se tratar de um sistema mais complexo na parte operacional.

Como escolher o melhor servidor?

Embora o fator preço seja interessante para as empresas, especificamente, nesse caso, você deve avaliar outros pormenores, uma vez que o barato, dependendo do caso, pode custar bem mais às organizações. Nesse caso, avalie também:

  • suporte: esse é o tipo de garantia que não pode faltar, já que podem surgir dúvidas e erros;
  • tráfego: procure avaliar se o volume de informações e acesso podem ser afetados;
  • equipe especializada: lidar nesse meio requer conhecimento técnico apropriado, que precisa ser disseminado de forma didática por quem entende do assunto;
  • espaço do disco: uma loja virtual possui inúmeras imagens ilustrativas e recursos que necessitam de uma capacidade maior;
  • reputação da empresa: a idoneidade conta muitos pontos a favor na hora de contratar essa ou aquela, sendo assim, pesquise, converse e tire o máximo de dúvidas antes de bater o martelo;
  • custo-benefício: ainda que essa seja uma questão essencial para que haja redução de custos, você dele colocar na balança as características do plano mais interessante para o seu negócio.

A projeção de ganhos para 2018 é de R$ 77,5 bilhões. Isso quer dizer que mais gente deve comprar pela internet este ano. Logo, o volume de pessoas circulando pela rede em busca de produtos e serviços será maior. Nesse sentido, você já sabe o que fazer na hora de optar pela hospedagem de loja virtual. Afinal, a escolha do formato ideal ajuda seu empreendimento a vender mais.

Você já sabe qual hospedagem de loja virtual é a melhor para seu e-commerce? Confira o nosso ranking e escolha a melhor hospedagem de sites para sua loja virtual.

Analista de sistemas, entusiasta do Open Source e apaixonado por tecnologia. Tem anos de experiência em hospedagem de sites, servidores Linux e desenvolvimento web. Sempre buscando aprender mais sobre a indústria de hospedagem e suas peculiaridades.

Receber novidades por email: