Hospedagem web: o guia definitivo

Avatar

Redação

0 avaliações

17 de maio de 2019 às 11:05

Hospedagem web

O primeiro passo na construção de uma página é encontrar um serviço de hospedagem web, a empresa que vai armazenar seus arquivos em seus servidores e vai entregá-los aos navegadores dos seus leitores e clientes.

Os serviços de hospedagem na web oferecem quantidades variáveis ​​de transferências mensais de dados, armazenamento, e-mail, entre outros recursos. Contudo, os pagamentos pelo serviço podem ser radicalmente diferentes, então tomar o tempo para traçar exatamente o que sua empresa precisa para o sucesso online é essencial.

Muitas dessas empresas também oferecem serviços de hospedagem de revendedores, que permitem entrar em negócios por conta própria, oferecendo hospedagem para seus clientes sem exigir que você gire os seus servidores.

Embora a Internet tenha se tornado um lugar comum e disponível para todos, vários dos seus recursos continuam sendo um mistério para muitos.

Muitas pessoas estão familiarizadas com o funcionamento da frente dos sites — aparência e navegação —, mas não têm ideia de como são conduzidos.

Sem esse conhecimento, um problema simples pode causar muita frustração e até mesmo o abandono de um site e perda de receita.

Confira agora o que realmente é hospedagem na web, por que é necessário no mundo da Internet, o que procurar em um serviço de hospedagem e algumas recomendações sobre serviços altamente qualificados.

Afinal, o que é hospedagem web?

Hospedar um site significa disponibilizá-lo para o público em todo o mundo. Quando você cria o site, ele é composto de páginas da web com texto, imagens, vídeos e outros conteúdos para que as pessoas acessem.

No entanto, as pessoas somente podem ver seu site quando este estiver disponível na Internet. Para isso, você deve armazená-lo em um computador chamado servidor. Quando você compra algum espaço em um servidor e armazena suas páginas, o seu site fica hospedado e pode ser visto por qualquer pessoa.

A hospedagem geralmente é cobrada mensalmente ou anualmente, dependendo de qual o tipo de servidor que seu site precisa e quanto espaço e largura de banda são necessários.

Quem realiza a hospedagem?

Qualquer pessoa ou empresa que possui um servidor e aluga o espaço na web para hospedagem web pode ser chamada de host.

Alguns hosts da web não possuem servidores, mas alugam um servidor de uma grande empresa de hospedagem e, em seguida, revendem o espaço sob sua própria marca.

Isso é chamado de serviço de hospedagem de revendedores. As grandes empresas de hospedagem web ainda possuem seu data center (coleção de servidores), onde podem hospedar milhões de sites.

Quais são os serviços oferecidos pelas empresas de hospedagem web?

O espaço em seus servidores é, sem dúvida, o produto mais importante vendido por uma hospedagem.

Entretanto, muitos outros produtos e serviços, essenciais para a hospedagem de sites, também são fornecidos por eles, como registro de nomes de domínio, serviços de hospedagem de e-mail, certificados SSL e etc.

Alguns dos provedores de serviços também oferecem facilidade de ferramentas para o desenvolvedor de sites com as quais pode-se criar seu próprio site sem a ajuda de terceiros.

No entanto, os produtos mais importantes são os diferentes tipos de hospedagem para que seus clientes possam escolher o espaço adequado às suas necessidades específicas.

Por que um serviço de hospedagem é necessário?

“Se isso é tudo que existe, então por que eu preciso de uma empresa de hospedagem? Não posso fazer a hospedagem eu mesmo?” você pergunta. Bem, sim e não.

Não é impossível hospedar seu próprio site. Muitas empresas têm servidores nas suas instalações que usam para hospedar suas redes internas de comunicação. No entanto, ainda usam hospedagem externa para seus sites principais.

Optar por hospedar seu próprio site exige que você tenha um excelente know-how tecnológico e uma forte infraestrutura na forma de computadores servidores, fonte de alimentação ininterrupta, um endereço IP estático e uma manutenção redonda.

O aborrecimento de fazer sua própria hospedagem no final torna-se muito e muito caro. A menos que você planeje entrar no negócio de hospedagem web, é melhor ir para uma hospedagem externa.

Mesmo as grandes empresas com servidores internos costumam contratar os serviços de uma empresa de hospedagem externa para seus principais sites.

Os principais tipos de hospedagem de sites

Uma boa empresa de hospedagem oferece diferentes tipos de opções de acordo com suas necessidades e também te ajuda a migrar para um plano diferente de acordo com o crescimento do seu site.

Confira os principais tipos de hospedagem para entender qual melhor se adapta à sua empresa. Continue a leitura!

Hospedagem compartilhada

A hospedagem compartilhada refere-se quando seu site é hospedado em um servidor, juntamente com muitos sites de outros clientes. Não se preocupe, os demais usuários não saberão disso — seu site é configurado como algo separado no servidor e ainda pode ter seu próprio nome de domínio.

Ou seja, a hospedagem compartilhada é simplesmente dividir o servidor com outros sites. Este tipo de plano de hospedagem é bom para pequenos sites de comércio eletrônico, sites estáticos ou um site pessoal que precisa de soluções de hospedagem rentáveis.

O grande benefício da hospedagem compartilhada é o preço: essa categoria pode ser muito barata. Ter seu próprio servidor (conhecido como servidor dedicado) custa muito mais.

Já a maior desvantagem é o desempenho e a segurança. Como você está compartilhando um servidor com outros clientes, o desempenho do seu site pode ser afetado pelos dos outros clientes.

Se o seu site compartilhar um servidor com um site de alto tráfego, por exemplo, isso pode atrasar o servidor ou interrompê-lo por completo. Algumas empresas de hospedagem compartilhada hospedam milhares de sites em um único servidor, então essa é uma consideração real.

Além disso, embora haja muitas maneiras de proteger um ambiente de hospedagem compartilhada, isso nunca será tão seguro como ter sua própria máquina (ou mesmo a máquina virtual).

Portanto, é indicado para sites que não precisam de recursos de alto desempenho. A hospedagem compartilhada pode satisfazer suas necessidades sem que você tenha que pagar grandes quantidades de dinheiro.

Hospedagem dedicada

Um servidor totalmente dedicado para o seu site é um pouco caro, mas não pode ser afetado pelos outros sites, como em um servidor compartilhado de hospedagem.

Esse tipo de serviço é o mais adequado para sites que atraem tráfego maior e não podem se dar ao luxo de ficarem instáveis devido a propósitos comerciais, como sites de comércio eletrônico.

Dessa forma, um servidor dedicado hospeda apenas o seu site. Isso pode te dar mais controle sobre ele e também pode ajudar a garantir que os sites de outros clientes não tenham impacto no seu.

O uso de servidores dedicados é muito mais caro do que a hospedagem compartilhada, mas se o seu site recebe muito tráfego ou você tem outras necessidades (como requisitos de segurança adicionais), um servidor dedicado pode ser ideal para você.

Normalmente, o provedor de hospedagem será responsável pelo hardware, sistema operacional, proteção contra vírus, gerenciamento de patches, etc. Você ainda tem controle total sobre a máquina (dependendo dos arranjos SLA) e ainda está no comando do conteúdo do seu site.

Você pode fazer login no seu servidor dedicado assim como você loga no seu próprio computador. Uma vez conectado, pode instalar e configurar o software conforme desejar.

VPS

A execução de um sistema para uma grande organização pode ser dispendiosa. Os custos de energia, pessoal, manutenção e atualizações podem somar suas despesas gerais de negócios devido aos vários servidores necessários para executar o processo de forma eficiente.

A hospedagem VPS reduz o requisito de hardware para alguns sistemas muito mais poderosos que usam os recursos de forma eficiente. Com a virtualização de servidores, seu custo geral de TI pode ser reduzido pela metade.

A virtualização de servidores torna muito mais fácil preservar e migrar dados. Por exemplo, se a unidade que hospeda o servidor virtualizado falha, os dados contidos na unidade inoperável podem ser facilmente movidos para uma nova. Assim, a virtualização do servidor permite a recuperação e migração eficientes de todos os seus dados.

Quando as empresas utilizam a hospedagem VPS, criam mais espaço para seu site e aumentam a velocidade e o tráfego.

Hospedagem na nuvem

Com base nas inovadoras tecnologias de computação em nuvem, esse tipo de hospedagem é feito por meio de vários servidores conectados uns aos outros.

Isso é diferente das hospedagens compartilhada ou de servidor dedicado, que são fornecidas por meio de apenas um servidor.

Os vários servidores que atuam como um único sistema têm múltiplas vantagens, como o balanceamento de carga, nenhum ponto de falha e a falta de dependência em um único servidor, levando a uma maior segurança e também à facilidade de aumentar ou diminuir os recursos utilizados de acordo com suas necessidades.

Também é uma solução de hospedagem web econômica, pois as empresas provedoras cobram por serviços de hospedagem em nuvem com base no uso.

Como você pode escalar seus recursos para cima e para baixo em um servidor de nuvem, é possível fazer um upgrade no plano de hospedagem quando houver um tráfego maior.

O que levar em conta na hora de escolher um serviço de hospedagem web

Como a maioria das coisas, tomar uma decisão sobre qual empresa de hospedagem web escolher pode ser difícil. Confira o que analisar na hora de escolher o serviço para hospedar seu site:

Espaço de armazenamento

Essa é a quantidade de espaço que um host aloca para o armazenamento dos dados do seu site. A quantidade de espaço em disco que você precisa dependerá da natureza da sua página.

Os sites que são atualizados diariamente, como os de notícias, acumularão o espaço disponível no disco mais rápido do que aqueles atualizados mensalmente. A natureza dos seus dados também é um fator determinante.

O texto simples consome muito pouco espaço, mas uma vez que um site possui vídeo, imagem e arquivos de áudio, a quantidade de espaço em disco e memória RAM necessária aumenta significativamente.

Se o seu é um perfil da empresa ou blog pessoal, as tendências modernas exigem o uso de todos os tipos de arquivos mencionados e alto limite de inode para transmitir informações e, portanto, devem ser considerados ao escolher um host.

Algumas empresas de hospedagem na web oferecerão armazenamento ilimitado. No entanto, se você ler com mais atenção em seus detalhes verá que será limitado. Sempre se preocupe em olhar os detalhes antes de fazer uma escolha da hospedagem.

Velocidade e tráfego

Depois de investir seu tempo e dinheiro na criação de um ótimo site, você não deve começar a irritar seus visitantes com tempo de carregamento lento quando ganhar uma tração razoável.

Há muitas maneiras de acelerar o seu site, mas se este estiver em um servidor lento, não importa quantos outros ajustes você faça, ele sempre será lento.

velocidade do site pode não parecer importante para um iniciante com pouco tráfego na web, mas será cada vez mais importante à medida que seu site crescer. Um atraso de um segundo na velocidade da página reduz a satisfação do cliente, podendo fazer com que abandone o site.

Para encontrar estatísticas de velocidade em uma determinada hospedagem, comece por olhar para o seu site e, em seguida, navegue por avaliações online para ter uma ideia de como os sites de outros clientes se apresentaram com esse mesmo serviço.

Serviços e suporte ao cliente

O suporte é extremamente importante e estar atento em qual país seu site será hospedado é fundamental. Se você é novo em hospedagem web, o suporte será seus olhos, mãos e tudo mais.

Por que o suporte é tão importante? Ao fazer seus primeiros passos no gerenciamento de hospedagem, você terá muitas perguntas e várias delas precisarão de respostas imediatas  — é por isso que a velocidade de suporte ao cliente é tão crucial.

Quando surgirem dificuldades técnicas, você precisará de um backup. Os grandes provedores oferecem suporte técnico 24 horas por dia para que você possa recuperar seu negócio rapidamente se algo der errado.

Verifique se a sua potencial empresa de hospedagem possui atendimento disponível 24 horas por dia para ajudá-lo e um painel de controle de hospedagem de fácil utilização.

As melhores plataformas também oferecem ferramentas educacionais, como tutoriais em vídeo, para ajudá-lo a começar, se você for novo no serviço, e fóruns de usuários, para procurar ajuda para problemas específicos assim que seu site estiver funcionando.

É fato que sempre haverá momentos em que os proprietários de sites, mesmo aqueles com seus próprios departamentos de TI dedicados, encontrarão problemas que não poderão resolver por conta própria.

Quando isso acontece, você precisa de um serviço de hospedagem com experiência para fornecer a solução certa.

Hospedagem web paga ou gratuita: qual é a melhor?

Para proprietários de pequenas empresas, startups e empreendedores em desenvolvimento, a oferta de hospedagem gratuita na internet pode ser uma opção atraente, pois elimina o custo contínuo associado aos serviços profissionais de hospedagem.

No entanto, deve-se entender as diferenças significativas na hospedagem gratuita ou paga antes de desenvolver um site. Aqui estão as cinco principais diferenças entre empresas profissionais de hospedagem web e provedores gratuitos:

1. Credibilidade

A diferença mais marcante entre os serviços de hospedagem pagos e gratuitos é o endereço do domínio. As plataformas gratuitas fornecerão um endereço de domínio que tenha o nome da empresa incluído no URL. Isso certamente não criará uma imagem profissional para as empresas contratantes e diminuirá sua credibilidade.

No entanto, nos serviços pagos há a disponibilização de um nome de domínio personalizado, criando uma identidade única para empresas online.

2. Confiabilidade

Essa é uma das principais características que separa os serviços de hospedagem profissionais dos provedores gratuitos. Normalmente, as plataformas gratuitas não oferecem o mesmo tempo de atividade que as opções pagas.

Assim, os sites hospedados por provedores gratuitos são propensos a muitos períodos de inatividade. Isso provavelmente causará um impacto negativo para as empresas e poderá até mesmo resultar em perda de clientes e receitas.

Já a maioria dos serviços profissionais garante a maior parte do tempo de atividade, o que é absolutamente essencial para as empresas.

3. Ranking nos motores de busca

Obter um ranking mais elevado nos motores de busca é o que todos os negócios online buscam nessa era digital. As plataformas de hospedagem gratuitas exibem anúncios irreverentes e links não profissionais nos sites. Além disso, também utilizam spams.

Tais fatores são malvistos pelos motores de busca e contribuem para diminuir o ranking dos mecanismos de pesquisa, o que diminui suas chances de atrair novos clientes.

As empresas nunca encontrarão tais problemas ao construir um site com um provedor profissional, resultando em ranqueamentos mais elevados e melhor visibilidade online.

4. Recursos

As profissionais dão a liberdade para as empresas escolherem uma variedade de pacotes, com diferentes larguras de banda e espaço de armazenamento.

Já as gratuitas fornecem largura de banda e espaço de armazenamento limitados, tornando-se inconvenientes para carregar e transferir vídeos, fotos e assim por diante.

Além disso, algumas empresas restringem o acesso do usuário uma vez que o limite de largura de banda é atingido.

Portanto, as empresas podem ter que aguardar um período de tempo para alterar o conteúdo do site. Tais inconvenientes não acontecerão ao optar por contratar serviços pagos.

5. Suporte e assistência

Por último, mas não menos importante, as plataformas gratuitas não fornecem suporte imediato em caso de falhas técnicas. Esse será um problema significativo para sites complexos.

Já com os serviços pagos, as empresas desfrutam de suporte técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana, via telefone, e-mail ou bate-papo.

Principais serviços de hospedagem web

Hostinger

A Hostinger oferece um pacote impressionantemente barato. Também oferece pacotes acessíveis com e-mails e largura de banda ilimitados, certificado SSL gratuito (ótimo para melhorar a segurança e visibilidade de pesquisa), domínio gratuito (no plano anual) e IP dedicado.

Os clientes potenciais apreciarão o número ilimitado de sites e a garantia de devolução do dinheiro no caso de insatisfação, além de suporte de telefone 24 horas por dia.

WebLink

A hospedagem com servidor nos EUA ou no Brasil possui funcionalidades de uma empresa profissional, com excelente desempenho e suporte técnico.

O que também é interessante é que a WebLink incorpora em seus planos recursos que oferecem de forma gratuita uma equipe especializada de migração, um sistema de backups semanal e um criador de sites fácil de usar.

Outro fator forte aqui é a forma como essa hospedagem oferece detalhes completos de todos os seus serviços em um visual no site que facilita a comparação de recursos.

UOL HOST

Lançada em 2008, a UOL HOST oferece serviços e produtos relacionados a hospedagem e cloud computing. Com um provedor que faz parte dos serviços da UOL, é pertencente ao grupo Folha, um dos maiores grupos de mídia do Brasil.

A UOL HOST oferece serviços e soluções para gerenciamento de servidores na nuvem e revenda de hospedagem e possui a sua própria ferramenta de criação de sites.

O provedor oferece uma garantia de conectividade de 99,9% e é um serviço muito fácil de configurar, com um e-mail inicial de boas-vindas que o orienta na direção certa para tudo o que você precisa.

GoDaddy

Com um desempenho impressionante em uma ampla gama de produtos, a empresa de hospedagem baseada nos EUA é uma das maiores do mercado e, provavelmente, a mais conhecida.

É também o maior registrador domínios do mundo, com dezenas de milhões de nomes em seu portfólio.

O provedor oferece backup e restauração gratuitos, garantia de tempo de atividade (99,9%), armazenamento ilimitado (embora haja apenas 100 GB para o pacote Economia), além de banda larga ilimitada e um domínio gratuito com o plano anual.

Uma característica bastante útil fornecida pelo GoDaddy em todos os seus pacotes é a possibilidade de aumentar a capacidade de hospedagem sob demanda.

HostGator

É a hospedagem da web que mais atende orçamento e, claro, isso nunca é uma coisa ruim.

No entanto, vale ressaltar que o contratante só obtém os preços realmente baratos ao se inscrever para contratos mais longos, então é necessário um compromisso maior para obter as melhores economias.

A boa notícia é que você ganha muito por seu dinheiro e não há limitações irritantes, então mesmo o plano básico permite largura de banda ilimitada, espaço na web, contas de e-mail e muito mais. Uma garantia de 99,9% de tempo de atividade também é interessante.

Na HostGator, o suporte ao cliente geralmente é muito bom, embora os fóruns de ajuda da web não sejam moderados pela própria empresa.

Há muito a considerar ao escolher um host e tudo começa com o conhecimento das suas necessidades para que você possa encontrar o mais adequado para você e sua empresa.

O que você está procurando na sua hospedagem web? Entre em contato conosco e poderemos ajudar!


Avatar
Redação

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.


TOP 3 Provedores de Hospedagem
Hostinger logo
9.9 /10
GoDaddy logo
9.1 /10