O que é CDN: o que é e quais os benefícios?

  • Última atualização: 3 de julho de 20183 de julho de 2018 por
  • Redação
O que é CDN

Com o vertiginoso crescimento da internet nas últimas décadas e com o aumento da oferta de sites e aplicativos web, os criadores de conteúdos e desenvolvedores precisam buscar formas de melhorar o desempenho de suas páginas, para se destacar em meio a tanta concorrência. Nesse cenário é que surge a CDN, um recurso que ajuda muito na otimização dos sites, além de permitir a redução de tráfego e requisições no servidor de hospedagem.

Neste post você conhecerá um pouco mais sobre a CDN, suas aplicações e benefícios. Acompanhe!

O que é CDN?

A CDN — Content Delivery Network, ou Rede de Distribuição de Conteúdo, em tradução literal — é um sistema que tem como objetivo a entrega de conteúdo web de forma rápida a usuários que estejam acessando um mesmo site em diferentes locais mundo afora.

O serviço de CDN é composto por servidores espalhados pelos quatro cantos do mundo, que juntos criam um sistema de distribuição e replicação de conteúdo em várias máquinas. Nesse sistema, o visitante é direcionado para o servidor mais próximo geograficamente, que responderá mais rápido as suas requisições.

Como posso aplicar o CDN em meu site?

A CDN pode ser aplicado em seu site de duas formas: você pode armazenar e fornecer por ele apenas os recursos estáticos ou utilizá-lo como proxy reverso, disponibilizando uma cópia do site inteiro. Abaixo explicaremos detalhadamente as duas aplicações. Continue lendo!

Entregando apenas o conteúdo estático

A maioria dos sites apresentam elementos que são replicados em todas as páginas, são os recursos padrão — imagens, estilo e scripts, por exemplo. A CDN pode ser utilizado para guardar e disponibilizar apenas os conteúdos estáticos. Neste caso, quando um visitante acessar o site, o servidor de hospedagem continua sendo a fonte principal de requisições, porém o conteúdo padrão é fornecido pelo CDN.

Armazenando uma cópia completa do site

Nessa solução, a CDN passa a ser configurado como proxy reverso e 100% do tráfego será direcionado para ele — o domínio deve estar apontado para a rede de distribuição.

Uma cópia do site inteiro fica armazenada em cache e a reposta é enviada ao visitante, sem a necessidade de uma solicitação ao servidor de hospedagem — exceto quando houver algum recurso que não esteja armazenado no cache da CDN.

Essa técnica vem sendo muito utilizada atualmente e é ideal para sites e blogs que apresentam layout quase 100% estático.

Como faço para contratar uma CDN e quais são os valores?

Entre as principais empresas especializadas em CDNs, as mais populares são a CloudFlare e Incapsula. Ambas oferecem vários planos para todos os perfis e objetivos, inclusive um plano gratuito — ajudando a popularizar e disseminar os benefícios de uma rede de distribuição de conteúdo.

Você também pode obter o serviço de CDN ao contratar o seu provedor de hospedagem. A Hostnet e HostGator, por exemplo, possuem planos de hospedagem compartilhada que incluem a CloudFlare gratuitamente.

Se você quiser contar com recursos mais avançados, poderá contratar um dos planos pagos da CloudFire, com valores a partir de US$9,00 por mês, e da Incapsula, por US$59,00. Para quem prefere efetuar o pagamento em Real, a GoCache oferece planos a partir de R$29,90 mensais.

Quais são os benefícios do uso de CDN?

No nosso artigo, já percebemos que entre os principais benefícios do uso da CDN estão a diminuição de gastos com banda e o aumento no desempenho dos sites. A seguir explicaremos de forma mais detalhada os motivos pelo qual você deve adotar a utilização de uma rede de distribuição em seu site.

Redução no tempo de resposta do servidor

Quando você acessa um site, o navegador recebe uma cópia vinda diretamente do servidor. Essa requisição segue um procedimento no qual os arquivos percorrem um determinado caminho antes de chegar ao seu computador. Se o servidor estiver geograficamente distante do usuário, a resposta pode demorar.

Os sites mais robustos e aplicações web, que possuem programação server-side, dependem do processamento no servidor para cumprir totalmente as suas funções, o que pode reduzir o desempenho do site.

Com o uso de uma CDN, esse tempo será bastante reduzido, pois será disponibilizado uma cópia estática desse conteúdo — a redução de tempo acontecerá porque a CDN entregará o conteúdo a partir de um servidor mais próximo geograficamente ao visitante.

Mais agilidade no carregamento das páginas

Com o armazenamento do conteúdo estático do site em cache, o resultado é um carregamento bem mais rápido da página, melhorando a experiência do usuário. Essa redução ocorre porque há uma redução no tempo de resposta do servidor de hospedagem.

Geralmente os arquivos que são destinados a esse armazenamento são imagens, CSS e JavaScript, mas dependendo das configurações do serviço, até os arquivos HTML poderão ser incluídos.

Aumento da capacidade de tráfego

Os sites e blogs mais populares costumam ter um volume de tráfego bem alto, principalmente quando uma postagem viraliza nas redes sociais. Quando isso acontece, a grande quantidade de requisições faz com que o servidor sofra com instabilidades ou quedas, justamente na hora em que seu faturamento está com um maior potencial de crescimento.

Quando isso acontecer você deve sempre verificar o limite de tráfego do seu plano de hospedagem, e mudar se necessário. Uma CDN ajuda na prevenção desse tipo de situação, pois parte das requisições sequer chegarão ao servidor de origem.

Proteção contra ataques DDoS

Não é de hoje que pessoas maliciosas produzem ataques de toda ordem a servidores, invasões essas que podem custar caro não só ao site atacado, mas a todos os outros hospedados naquele servidor.

Os ataques DDoS são aqueles no qual robôs são utilizados para fazer múltiplas requisições a uma página em um espaço curto de tempo, provocando uma pane no servidor e tirando o site do ar. Alguns dos serviços de CDN têm ferramentas desenvolvidas para reduzir os danos desses tipos de ataques.

O CDN pode ser utilizado em todos os elementos do site?

Se o seu site possui elementos com scripts externos, como incorporações do Facebook, Twitter e AdSense, por exemplo, a exibição e requisição desses elementos dependerá da resposta dos servidores em que eles estão hospedados. Você poderá até copiar e distribuí-los por meio do CDN, mas eles não serão atualizados.

No artigo de hoje você aprendeu um pouco sobre o que é CDN, seu conceito, benefícios e utilizações. Um bom uso desse recurso poderá melhorar o desempenho de seu site, aumentar a satisfação dos usuários, melhorar a sua colocação nos rankings dos mecanismos de buscas e aumentar o faturamento a longo prazo.

Gostou do post? Então deixe nos comentários abaixo suas dúvidas e opiniões sobre o uso de CDNs. Estamos esperando!

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas a encontrarem o melhor provedor de hospedagem, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.

Receber novidades por email: