Servidor Linux ou Windows? Entenda as diferenças!

Linux ou Windows

Uma questão que tem sido debatida incessantemente por desenvolvedores de websites é sobre qual servidor (Linux ou Windows) é a melhor escolha. O Linux é mais versátil, com uma enorme variedade de opções para personalização e especialização, enquanto o Windows é visto por muitos como mais amigável e com uma capacidade de suportar uma variedade maior de aplicativos e hardware.

Mas um é realmente melhor que o outro? Mergulhamos nos prós e contras de cada sistema operacional para ver como eles se comparam frente a frente. Confira a seguir!

Linux ou Windows: qual é melhor?

Quando se trata da escolha do sistema operacional para uso pessoal, o debate Linux vs. Windows (vs. macOS) é uma batalha sem fim. A escolha do sistema operacional para uso próprio é geralmente é influenciada mais por uma questão pessoal do que aspectos técnicos que o sistema pode oferecer.

É claro que em ambas as opções existem vantagens e desvantagens, mas fica a critério do usuário decidir quais aspectos são mais importantes para o uso, e saber lidar com os sacrifícios de cada escolha.

No entanto, quando se fala no sistema operacional para servidores, a história é um pouco diferente. Para escolher o melhor sistema operacional para um servidor, é preciso levar em consideração os aspectos técnicos e os requisitos da aplicação que será executada nele. Assim como calcular as despesas que estarão envolvidas a depender de como o servidor é configurado.

Servidor Linux ou Servidor Windows?

No uso profissional ou corporativo, os servidores Linux ou Windows são as opções mais utilizadas em todo o mundo, logo é entre esses dois sistemas que você deverá escolher para o seu servidor.

De acordo com as estatísticas do W3Techs, considerando todos os sites da web, 39,3% dos sites utilizam servidores Linux, enquanto 31,9% utilizam servidores Windows, mas esses números se aproximam quando comparamos somente os sites mais visitados do mundo.

Linux ou Windows - Uso na Web

Antes de fazer a escolha do sistema operacional do servidor, é importante conhecer mais sobre as opções disponíveis e ficar preparado para os desafios que serão enfrentados em ambas as escolhas.

Servidor Linux

Um servidor Linux é um servidor utiliza um sistema construído com Linux em seu núcleo. Sem cobrar por licença de software, o Linux permite que as empresas economizem na infraestrutura e possam fornecer conteúdo, aplicativos e serviços para seus clientes.

Por ter o código aberto e ter uma licença open source, o Linux se beneficia das contribuições de desenvolvedores e usuários em todo o planeta, fazendo com que o sistema mantenha um alto nível de qualidade. E tendo uma estrutura modular, o sistema pode ser ajustado e modificado por qualquer projeto, de acordo com as necessidades específicas.

O que temos como resultado são centenas de sistemas operacionais baseados em Linux, conhecidos como distribuições, ou “distros” Linux que podem ser usadas nos servidores.

As principais distribuições para servidores Linux

Quando você contrata um servidor com Linux, geralmente você tem mais de uma opção de sistema operacional para ser usado no servidor. Entre as principais distribuições para servidores Linux, estão:

Ubuntu Server

Servidor Linux ou Windows - Ubuntu ServerO Ubuntu é indiscutivelmente o sistema operacional Linux mais conhecido. Ele e suas variantes oferecem ótimas experiências de usuários. Sua popularidade é devido a facilidade de uso em sua versão desktop.

Mesmo na versão para servidor, o Ubuntu é uma opção popular que oferece uma boa estabilidade e disponibilidade de pacotes.

Nos serviços de hospedagem, VPS e servidores dedicados, ter o Ubuntu Server disponível é praticamente uma regra. Boa parte dos usuários do Linux já estão habituados ao uso do sistema no desktop, e lidar com a versão de servidor acaba sendo bem mais fácil para quem conhece.

CentOS

Servidor Linux ou Windows - CentOSO CentOS é uma distribuição de código aberto derivada do RHEL. Além de fornecer um ambiente estável, oferece uma experiência de servidor de classe empresarial.

Notavelmente, por ter como base o RHEL, o CentOS tem um excelente histórico de estabilidade em servidores corporativos.

A maior desvantagem do CentOS com relação ao RHEL é em relação ao suporte oferecido. Enquanto o CentOS é mantido pela comunidade, o RHEL tem um suporte corporativo especializado na sua distribuição e tecnologias relacionadas.

Red Hat Enterprise Linux (RHEL)

Servidor Linux ou Windows - Red HatSe tratando de Linux para uso corporativo, o Red Hat Linux (RHEL) é uma das distros com maior destaque. O RHEL é mantido pela Red Hat, a primeira empresa open source valorizada em mais de 1 bilhão de dólares.

O destaque do RHEL está no serviço de suporte que é oferecido aos clientes, fora as tecnologias em constante desenvolvimento.

No entanto, apesar de suas características superiores e excelente serviço de suporte, RHEL não é para novatos. A administração e configuração podem parecer um pouco complicadas e você precisará de um administrador de sistemas para lidar com um servidor com esse sistema operacional.

Debian

Servidor Linux ou Windows - DebianDebian é um dos melhores sistemas para ser usado num servidor Linux. O foco do Debian está na segurança, estabilidade e confiabilidade dos pacotes.

Devido à rigorosidade nos processos de segurança, o Debian geralmente é lançado pacotes mais desatualizados que outras distribuições.

No entanto, em muitos casos ter um sistema extremamente estável e confiável é algo mais importante do que ter os pacotes mais atualizados e os programas nas versões mais recentes. E é nesse aspecto que o Debian se destaca em relação às outras distribuições em servidores Linux.

Servidores Windows

Já o Windows prosperou globalmente e todos os usuários recebem suporte e atualizações constantes de produtos. Indivíduos que estão familiarizados com a sua interface gráfica de usuário tendem a escolher o mesmo sistema operacional para seu servidor também.

Servidor Linux ou Windows ServerNo entanto, o Windows requer mais recursos de hardware – processador mais rápido, mais memória interna e mais espaço de armazenamento.

Embora a Microsoft afirme que é por causa da funcionalidade extra que cada aplicativo oferece, os requisitos de recursos pesados deixam vários usuários frustrados.

Além disso, os usuários precisam atender a despesas extras para ferramentas de desenvolvimento e licenças do software. A licença mais barata do Windows Server custa mais de US$ 500 (cerca de R$ 2.000 reais na conversão atual) e por isso custo para um servidor com Windows pode ser maior.

Linux ou Windows Server - Preços

No Windows também é possível encontrar mais de uma versão do sistema operacional disponível, que pode variar a depender das características e recursos de hardware do servidor, assim como da disponibilidade pelo provedor de hospedagem.

A versão do Windows para servidores utiliza uma nomenclatura específica, que indica o ano em que o sistema foi originalmente lançado. O sufixo "R2" significa release 2 e indica que é uma pequena atualização na versão.

  • Windows Server 2003 R2 – Sucessor do Windows Server 2000 que incorporou recursos do Windows XP, já não é mais suportado pela Microsoft mas ainda oferecido em alguns provedores.
  • Windows Server 2008 R2 – Baseado no Windows 7 e foi o primeiro sistema operacional exclusivamente 64-bit distribuído pela Microsoft, terá suporte até 2020.
  • Windows Server 2012 R2 – A versão mais popular atualmente. Tem como base no Windows 8, e inclui recursos do Windows 8.1.
  • Windows Server 2016 – O sistema é baseado no no Windows 10, e é desenvolvido desde 2014, apesar de só ficar disponível para o público em 2016.
  • Windows Server 2019 – A última versão a ser lançada até hoje. Traz melhorias nos serviços de migração de armazenamento e melhor integração com Azure.

A versão do Windows Server mais popular entre os provedores de hospedagem que oferecem planos de servidor VPS e servidor dedicado é a 2012 R2.

Comparando as vantagens e desvantagens

Para ambas as opções, existem vantagens e desvantagens, por isso, é preciso ter em mente as características de cada sistema antes de escolher.

linux

Para fazer essas comparações, separamos os principais critérios para ficar atento na escolha do sistema operacional do servidor de hospedagem:

Custo-benefício

Como o Linux é gratuito, os servidores Linux costumam ser muito mais baratos em comparação com os servidores com Windows. Alguns provedores até disponibilizam um teste de VPS grátis com Linux, algo mais difícil de acontecer num servidor com o Windows.

Servidor Linux ou Windows - Custo x BenefícioEmbora o custo não deva ser o único fator na decisão do seu servidor, isso acaba sendo levado em consideração quando o trabalho pode ser feito tanto no Linux quanto no Windows.

Se você quer ter um servidor web, por exemplo, você pode escolher qualquer um dos sistemas, mas como os servidores Linux são mais baratos, pode ser uma opção melhor optar por ele.

Se você pretende fazer algo que pode ser feito em ambos os sistemas operacionais, ao escolher um servidor com Linux você pode economizar bastante.

Gerenciamento do sistema operacional

Os servidores Linux geralmente oferecem uma única forma de gerenciamento inicial, com uma interface em linha de comando. Sem interface gráfica por padrão, os servidores Linux vão exigir algum conhecimento técnico em administração de sistemas para realizar as operações mais básicas.

Servidor Linux ou Windows - GerenciamentoJá os servidores com Windows, possuem uma interface gráfica em sua instalação padrão, e que é bem semelhante à interface que é usada no sistema voltado para o fim pessoal.

Assim, mesmo sem muito conhecimento técnico, não é difícil aprender e se habituar ao uso do Windows num servidor. Já no Linux, pode ser necessário investir algum tempo para aprender os comandos SSH para gerenciar o servidor remotamente.

Painel de gerenciamento da hospedagem

Em um servidor de hospedagem, o gerenciamento é feito por um painel administrativo. No servidores Linux, o painel de controle cPanel é a opção mais popular. O cPanel possui uma interface intuitiva e uma ótima usabilidade nas ferramentas para gerenciar os recursos de hospedagem, por isso é o painel preferido entre os provedores de hospedagem.

Servidor Linux ou Windows - cPanel PleskJá os servidores Windows geralmente usam o painel de controle Plesk, um painel projetado para otimizar o desempenho do sistema operacional.

Recursos de segurança e integração de software de terceiros podem ser melhores no cPanel, mas o Plesk oferece um ambiente mais amigável.

Compatibilidade com tecnologias e serviços

Independente do sistema operacional escolhido para o servidor, a maioria das tecnologias, linguagens de programação ou serviços, estarão disponíveis.

Linguagem de programação

Se você pretende criar um site estático, usando somente linguagens de front-end como HTML, CSS e JavaScript, ambos os sistemas operacionais vão funcionar perfeitamente, já que essas tecnologias são interpretadas pelo navegador.

No entanto, se você pretende usar uma linguagem de back-end como ASP.NET ou PHP, é importante levar em consideração o sistema operacional do servidor. Por isso, preparamos uma tabela com as principais linguagens de programação que podem ser usadas em ambos os sistemas.

LinguagemLinuxWindows
ASPSim*Sim
ASP.NETSim*Sim
C/C++SimSim
C#Sim*Sim
GoSimSim
JavaSimSim
Node.jsSimSim
PerlSimSim
PHPSimSim
PythonSimSim
RSimSim
RubySimSim
RustSimSim

* Parcialmente suportada ou não é nativamente compatível.

Como você pode ver, todas as linguagens de programação são suportadas pelo Linux, mesmo que parcialmente. Mas por não apresentarem a mesma estabilidade de serem executadas no ambiente para o qual foram projetadas, é recomendado que utilize um servidor Windows.

Servidor de banco de dados

O servidor de banco de dados é uma escolha importante no planejamento do site ou aplicativo a ser hospedado. Logo, é preciso saber como é a compatibilidade dos sistemas de gerenciamento de bancos de dados de acordo com o sistema operacional do servidor.

ServiçoLinuxWindows
FirebirdSimSim
IBM DB2SimSim
Microsoft AccessNãoSim
Microsoft SQL ServerSim*Sim
MongoDBSimSim
MySQL / MariaDBSimSim
Oracle DatabaseSimSim
PostgreSQLSimSim
SQLiteSimSim

* Parcialmente suportada ou não é nativamente compatível.

No caso dos serviços e servidores de bancos de dados, a limitação dos servidores Linux está na utilização do Microsoft Access, que está disponível somente no Windows Server. Já o Microsoft SQL Server já é suportado no Linux, mas com algumas limitações, como o requisito de distribuições e sistemas de arquivos específicos.

Por esse motivo, para a utilização do Microsoft SQL Server, ainda é recomendada a prioridade para os servidores Windows.

Servidores Web

O servidor web é o principal responsável pela disponibilidade de um site na Internet, por isso é uma ferramente que deve ser escolhida cuidadosamente em um projeto web. A maioria dos servidores web estão disponíveis tanto para Linux quanto para Windows, mas com uma exceção: o Microsoft IIS.

Servidor WebLinuxWindows
Apache HTTP ServerSimSim
CaddySimSim
lighthttpdSimSim
Microsoft IISNãoSim
nginxSimSim

O Microsoft IIS (Internet Information Systems) é servidor web proprietário da Microsoft, que está disponível somente para Windows e tem um foco maior nas integrações das tecnologias da empresa.

No entanto, o Apache ainda é o servidor web que lidera as pesquisas de mercado, seguido pelo nginx, e ambos podem ser usados tanto no Linux quanto no Windows.

De acordo com as estatísticas da Netcraft, 39% dos sites ativos na Internet utilizam o Apache como servidor web, enquanto 6% utilizam o Microsoft IIS. Os outros servidores web estão disponíveis tanto para Linux quanto Windows, incluindo o nginx, que tem 23% de uso no mercado.

Servidor Linux ou Windows - Servidor Web Marketshare

Por isso, a menos que o site ou aplicação web exija tecnologias e serviços proprietários da Microsoft para funcionar, um servidor Linux acaba sendo a melhor opção.

Segurança e privacidade

A segurança é uma questão controversa no que diz respeito ao debate Linux versus Windows. Há partidários de ambos os lados que afirmam que seu sistema operacional favorito é mais seguro. Ambos podem apresentar uma longa lista de razões que apoiam sua reivindicação.

Servidor Linux ou Windows - SegurançaNa realidade, não há uma resposta simples para a questão de qual sistema é mais seguro. É uma questão multidimensional complexa, mas, por segurança, escolhemos o Linux por alguns motivos.

Como um sistema operacional derivado do Unix, o modelo multiusuário do Linux é seguro por padrão. É extremamente difícil para um invasor infiltrar um malware em um servidor Linux e executá-lo com permissões de root.

Não é impossível, mas bastante difícil. Quando um servidor Linux é infectado por um malware, geralmente é devido a um erro grave de segurança ou a uma vulnerabilidade de software que não foi corrigida.

Suporte e atualizações

Apesar de ser mantido por uma comunidade, o Linux recebe o apoio das maiores empresas de tecnologia do mundo, e tem uma enorme base de conhecimento distribuída por meio de documentações, fóruns e sites especializados.

Servidor Linux ou Windows - SuporteNo entanto, é um pouco fragmentado e desordenado, com pouca estrutura de suporte abrangente e coeso para muitas distros. Em vez disso, qualquer pessoa com um problema, muitas vezes tem que enfrentar a natureza do Google para encontrar outro usuário com a resposta.

A Microsoft é muito melhor em agrupar seus recursos. Embora não tenha a quantidade de informações brutas disponíveis em relação ao Linux, ela garante que os documentos de ajuda sejam relativamente claros e fáceis de acessar.

Há também uma rede semelhante de fóruns e tutoriais do Windows se a assistência oficial não o ajudar. Além do suporte dedicado da Microsoft, caso você for proprietário de uma licença.

Conclusão: qual é o melhor?

Por fim, fazer a escolha entre servidores Linux ou Windows é, em grande parte, uma questão de qual sistema operacional permite que você amplie conforme o crescimento do seu negócio. Se você pretende hospedar um site ou uma aplicação web que não fará uso das tecnologias proprietárias da Microsoft, não há dúvidas de que o Linux é uma opção mais econômica e viável.

Mas se for necessário desenvolver um sistema que utilize ASP.NET e SQL Server, um servidor com o Windows Server com certeza seria a melhor opção.Também é necessário levar em consideração a interface a ser usada para gerenciar o servidor. Para quem não tem experiência com a linha de comando, um servidor com Linux será mais complicado que um servidor com Windows.

Independente do sistema operacional escolhido para o servidor, é importante escolher um provedor de hospedagem de qualidade. Por isso, não deixe de verificar a lista com os melhores provedores de servidor VPS e servidor dedicado, tanto para Linux quanto para Windows.

Espero que esse artigo tenha ajudado a tirar suas dúvidas sobre a escolha entre Linux ou Windows. Tem alguma dúvida ou quer compartilhar sua experiência? Deixe o seu comentário!

Melhor Hospedagem de Sites é um projeto com o objetivo de ajudar as pessoas na busca pelo lugar ideal para hospedar seus sites, trazendo informação e conhecimento sobre o universo de hospedagem de sites.
Deixe um comentário

Receba os artigos do blog por e-mail: